header top bar

Rui Galdino

section content

2018 e o “nós” a serem desatados!

04/09/2017 às 11h01

2018 e o “nós” a serem desatados!

Ricardo fica? Maranhão é candidato? Romero e Cartaxo saem? Cássio vai disputar o senado? E Raimundo Lira, deixa o PMDB? E os Felicianos?

O ano que vem se aproxima, e nele teremos dois grandes eventos: A Copa do Mundo e as Eleições no Brasil, já pensou? Com relação ao futebol, este será assunto para outro artigo. Já na política, teremos duas eleições misturadas em uma só, ou seja, a eleição nacional de presidente da república e a eleição estadual de governador, senadores, deputados federais e estaduais.

Já imaginou a “mistureba” que teremos no próximo ano, sem falar nas operações Lava Jato e outras, que ainda vão mostrar muitas coisas, nas novas denúncias que acontecerão, nas sentenças e prisões de gente graúda e granfina que virão, nas impugnações de candidaturas de “importantes políticos” que acontecerão, na condenação de Lula em 2ª Instância Judicial, que também acontecerá, etc, etc, etc… Ou seja, 2018, promete e promete muito!

E se nesse imbróglio todo, a seleção brasileira de futebol, perder a Copa do Mundo mais uma vez? Aí, a coisa vai ser bem mais interessante! Pois bem, o fato, é que o povo brasileiro, está bastante indignado e acompanhando tudo de perto, pois, não aguenta mais tanta safadeza e corrupção em nosso país, não suporta mais a cara de pau e cinismo de nossos políticos. CHEGA, na vida tudo tem limites, porém, na safadeza e corrupção brasileira, parece que limites não existem, por isso, 2018, será um ano de DECISÕES importantes para o futuro de nosso país.

Aqui na Paraíba, que até agora, está tudo ainda em “banho maria”, em 2018, o desmantelo também vai ser grande, pois, deveremos ter grandes novidades e imensas surpresas, para o bem do nosso estado e também do Brasil. Figurinhas tidas como importantes e carimbadas, que se dizem defensoras do estado e paladinos da moralidade, vão ter que se explicar muito bem à Justiça e ao povo paraibano. Vamos aguardar!

Com relação às próximas composições políticas visando 2018, tudo vai depender do andar da carruagem, dos novos e futuros fatos que vão acontecer, pois, alguns vão sobrar na curva e sequer vão ter condições de compor nada e nem participar de nada. Além disso, o governo já tem seu pré-candidato a governador, que é o competente e honrado secretário, João Azevêdo (PSB), e que a cabeça de chapa é inegociável e ponto final.

Por outro lado, as chamadas oposições não se entendem e atira para todos os lados, estão mais perdidas do que cego em tiroteio. E como se não bastasse, inventaram uma história fiada de “união das oposições”. Que união é essa, que não tem uma linha de seguimento e coerência, onde cada “líder” faz o que quer, ninguém confia em ninguém e existe cerca de quatro pré-candidatos ao governo? Isso é união ? Então, vamos ver o resultado dessa tal união em 2018.

Além disso, outro complicador nas composições políticas futuras, é que cada partido, só vai poder indicar um candidato na chapa majoritária. Isso mesmo! Por exemplo: Se o PMDB, quiser se compor com o PSB, só terá direito a indicar 1 candidato na chapa majoritária que a preço de hoje, é o senador Raimundo Lira, que deverá disputar a sua reeleição, e com muita justiça, pois, tem sido um importante senador para o estado da Paraíba, portanto, merece se reeleger.

O PSB, já tem seu pré-candidato ao governo, que é João Azevêdo, e disso o partido não abrirá mão, nem que a “vaca tussa”, a não ser que João desista, e aí o PSB, deverá indicar outro candidato a governador, porém, do próprio partido, fato esse, bastante improvável. Se o PMDB, quiser lançar o vice do PSB, aí teremos outro “nó” para desatar, pois, nesse caso, como ficaria a situação do senador Lira? Seria o vice ou deixaria o partido?

Outro “nó” para desatar, é se o governador Ricardo, resolver deixar o governo em abril do próximo ano. Como ficará a situação de Lígia Feliciano e o PDT? Lígia, seria candidata à sua reeleição? E assim sendo, como ficaria João e o PSB? Outros “nós” para desatar, é saber se Cartaxo e Romero, deixarão as suas respectivas prefeituras em abril próximo. Pessoalmente, não acredito!

E Mané Júnior, prá onde vai? E se Maranhão, cismar de ser candidato mesmo a governador, independente de qualquer coisa? Todos sabem, que o senador Maranhão é um nome forte e não tem nada o que perder. Ou será que sequer teremos candidatura a governador pela oposição? Bom, o tempo urge e a quantidade de consumo de ansiolíticos aumentam a cada dia. O moído nos bastidores é grande, pois, todos sabem que 2018, será considerado no futuro, como: AQUELE ANO!

ADELANTE!

Rui Galdino

Rui Galdino

Contato: ruigaldino@hotmail.com

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia

VÍDEO!

CONTRA MÃO: Aliado do prefeito de Cajazeiras critica políticos de Brasília, mas admite votar em “golpista”

ENTREVISTA

VÍDEO: Líder espírita fala sobre reencarnação, contato com os mortos e suicídio no programa Xeque-Mate

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Neguim do Mondrian defende Luciano pra governador e quer fim da reeleição para combater corrupção

Rui Galdino

Rui Galdino

Contato: ruigaldino@hotmail.com