header top bar

section content

A Paraíba terá três chapas de peso nas eleições deste ano; veja como estão compostas

16/02/2014 às 00h32

A primeira grande mexida no tabuleiro das sucessões das eleições deste ano é significativa e importante, principalmente para o governador Ricardo Coutinho. Eu explico, Rômulo Gouveia decidindo ser o seu candidato a senador, Rômulo tem esta garantia de Ricardo, era o pé que o Governador precisava para ter em Campina Grande na disputa que vai travar contra dois campinenses, Cássio Cunha Lima e Veneziano Vital do Rêgo.

Rômulo também não tomou essa decisão a preço zero, ele sabia que só teria vaga na chapa de Cássio para deputado federal, ou seja, fora da chapa. E aí vocês entenderão, na chapa de Cássio, o vice deve ser Agra ou Ricardo Marcelo e o senador será Cicero, o pé na capital na chapa de Cássio. Portanto, é a primeira mexida significativa e o panorama vai começando a se definir com o novo posicionamento de Rômulo Gouveia.

Ricardo já tem um senador, vai em busca agora de um nome do sertão abaixo para a vaga de vice-governador e eu já começo a apostar que ele vai oferecer a vaga de vice para o PTB de Wilson Santiago, ou para o próprio presidente ou para seu filho. E Ricardo deve dizer para Santiago se candidatar a deputado federal e seu filho, que é jovem, será o vice. Querem saber quem é a outra opção de Ricardo Coutinho para vice na chapa? Ele pode oferecer também para Efraim Filho e Efraim Morais sairia candidato para deputado federal no lugar do filho.

Dessa forma, a chapa de Ricardo ficaria com ele, de João Pessoa, Rômulo, de Campina Grande, e essa outra conjectura do alto sertão. E aí vai começando a se definir, na chapa de Cássio ninguém tem dúvidas do nome do senador, será Cícero Lucena, e se não for ele Cássio procurará Wilson Santiago. E nesse cenário, Cícero poderia sair para federal ou seguiria para ostracismo? Não, ninguém acredita. Então, a chapa de Cássio terá Cícero e como vice, todos já sabem, a conversa de Cássio é com Agra, se o ex-prefeito de João Pessoa não aceitar (ou não tiver saúde) Ricardo Marcelo também tem esta franquia e esse convite.

A chapa de Veneziano já tem Campina Grande, que é o próprio; para o Senado, Veneziano está cavalheiro, vai oferecer para Wilson Santiago (que é o que ele mais deseja) em uma disputa competitiva. E para vice de Veneziano? Será oferecido ao PT, que provavelmente não conseguirá emplacar uma candidatura própria dentro desse rolo compressor dessas três grandes candidaturas, vai oferecer para Nadja Palitot ou para Lucélio Cartaxo, o irmão do prefeito de João Pessoa. E eu já imagino que Lucélio oferecerá o nome de Nadja, uma mulher, um diferencial. Veneziano também tem uma carta na manga, se Santiago optar pela chapa de Cássio ou de Ricardo, Veneziano tem uma reserva de luxo para a vaga do Senado que é José Maranhão.

Nos demais partidos, o Major Fábio tocará sua candidatura na faixa própria, a Frente de Esquerda também vai lançar um nome, restam ainda o PR, de Wellington Roberto, e o PP, de Aguinaldo Ribeiro. Não acredito que os dois tenham condições de emplacar nomes para vice-governadoria nem para o Senado. No caso de Wellington Roberto , ele vai exigir espaço político, mas no de Aguinaldo Ribeiro há dois complicadores… O primeiro, ele não pode se agregar na chapa de Cássio porque será e oposição à Dilma e ele não pode estar em um palanque que vai hostilizar Dilma porque ele sonha em voltar para o Ministério e tem a vaga assegurada na disputa para deputado federal, mas ele pode também ingressar na chapa de Ricardo Coutinho indicando sua irmã como vice. Mas o Governador vai apoiar Eduardo Campos para presidente da República batendo de frente com Dilma. Ou seja, Aguinaldo está cercado e a probabilidade é dele disputar a vaga de deputado federal igualmente com Wellington Roberto.

A preço de hoje, se você me perguntar como as chapas estariam compostas eu digo que Ricardo sairá para governador, Rômulo para senador e Efraim Filho para vice. Já a chapa de Cássio, terá ele para governador, Cícero para o Senado e Agra para vice-governador. Na outra teríamos Veneziano para governador, Wilson Santiago para o Senado e Nadja Palitot para vice.

Anotem essas chapas e me cobrem no futuro, pois 80% estará batendo.

Gutemberg Cardoso

Gutemberg Cardoso

Contato: gutembergcardoso@uol.com.br

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

Gutemberg Cardoso

Gutemberg Cardoso

Contato: gutembergcardoso@uol.com.br