header top bar

Reudesman Lopes

section content

Assim como iniciamos

16/05/2014 às 17h55

Graças a Deus acabou para nós, atleticanos, o campeonato paraibano 2014 e, assim como iniciamos, terminamos, ou seja, derrotados. Se os “grandes clubes” do futebol paraibano já definem essa competição como a pior de todos os tempos, imaginemos nós. 

O que todos sabem, dirigentes, imprensa, atletas e o amante do futebol, que o campeonato paraibano desta temporada está e assim será encerrado de maneira catastrófica. Em se falando do Atlético Cajazeirense de Desportos, recordo que quando da apresentação do grupo de jogadores e comissão técnica lá na CDL, a expectativa era a melhor possível e a direção projetava a luta pela série D e os mais ousados falavam até em título do estadual. Infelizmente, quando a bola conseguiu rolar, após os famosos contra tempos com relação aos nossos estádios, vimos que o Trovão Azul do Sertão não era nem sombras do planejado e que o grupo responsável pela representação cajazeirense era um dos mais fracos já vindos a Cajazeiras, ou seja, erramos e feio, mais uma vez, na formação do time e na opção pelo treinador que aqui aportou para o início desta competição. 

Com tudo isso contra nós, claro, os resultados não poderiam ser outro, e nos arrastamos no primeiro turno do campeonato numa briga severa com a zona de rebaixamento e, não fora a fragilidade e o desinteresse de Queimadense e Sport Campina, hoje estaríamos aqui a lamentar a nossa queda, mais uma vez, para a segunda divisão do paraibano, resumindo, fizemos uma fase inicial desta competição para esquecermos. Na fase final, melhoramos, e muito, até que os mais otimistas e apaixonados se deram ao luxo de colocar o Mais Querido do Sertão entre os candidatos a uma das duas vagas para a decisão do mata mata, mas, claro, as dificuldades com relação ao grupo de jogadores e as intermináveis lutas contra o atraso dos salários é que determinaram a pulverização deste sonho e tudo agora fica para 2015. 

Sei que Junior Quirino tem boa parcela de culpa em tudo que aconteceu nesta temporada atleticana, mas, aplaudo o seu amor pelo nosso clube, a sua determinação em querer fazer o melhor e não é fácil segurar um campeonato desta dimensão sem recursos próprios, neste entendimento e pela sua devoção, enalteço o trabalho realizado por Junior. Concluo com a esperança que possamos em 2015 ter um ano mais feliz e de resultados que possam novamente mostrar e trazer de volta a velha mística da camisa do Trovão do Sertão. 

Parceria
Um grupo de desportistas cajazeirenses trabalha no sentido de viabilizar a fundação de uma ONG cujo objetivo é a tentativa de projetos que possam melhorar a estrutura física do Estádio Higino Pires Ferreira. Como neste momento aquele estádio é de responsabilidade administrativa da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, os desportistas que estão à frente desta iniciativa, logo que a ideia seja definida, deverão procurar a Prefeita Denise e o Secretário de Esportes Bruno para a concretização de uma parceria que objetive este apoio à administração municipal.

Negado
Rosilene Gomes não deve voltar ao cargo que ocupou durante quase 25 anos a frente da Federação Paraibana de Futebol. Pelo menos não agora. É que o desembargador da 2ª Vara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, Abraham Lincoln, negou nesta terça-feira 13, seguimento ao recurso impetrado pela própria Rosilene pedindo para voltar à entidade. O despacho foi feito de forma monocrática e a decisão ainda cabe recurso.
A ex-presidente foi afastada em abril pela juíza Renata Câmara Belmont, através de uma ação de autoria do Auto Esporte. 

BOLA DENTRO
Para Carlos Cartaxo que acaba de ser aprovado com méritos para exercer o cargo de professor de Educação Física em São João do Rio do Peixe. Valeu amigo, você é NOTA 10!

BOLA FORA
Para o Treze que deu uma rasteira na Junta que preside a FPF e a obriga uma nova tabela. A coisa tá feia e cada um tenta acabar a sua maneira com o que resta do campeonato paraibano 2014. NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Contato: reudesman@bol.com.br

ENTREVISTA BOMBÁSTICA

VÍDEO: Declarações polêmicas e provocações marcam o programa Xeque-Mate com o ex-prefeito Carlos Antônio

VÍDEO

Ex-aliado diz que prefeito de Cajazeiras forma “organização criminosa” e aponta gordas gratificações

DIÁRIO ESPORTIVO

Confira o resumo da rodada no programa Diário Esportivo com Luiz Júnior

XEQUE MATE

VÍDEO: Carlos Antonio declara pela 1ª vez publicamente apoio a Júnior Araújo; “é cancela fechada”

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Contato: reudesman@bol.com.br