header top bar

José Ronildo

section content

Atendimento hospitalar

28/03/2014 às 20h00

O suplente de vereador e líder comunitário Adriano da Vila Nova tem razão, quando diz que o sonho de Cajazeiras é ver o Hospital Regional atendendo casos de média e alta complexidade. Enquanto isso não acontece, aguarda o tomógrafo já prometido pela Secretaria de Saúde do Estado. Todos também gostariam de ver o HRC realizando cirurgias cardíacas, cateterismo, angioplastia e cirurgias neurológicas (cabeça), evitando o deslocamento de pacientes para João Pessoa e Campina Grande.

É bem verdade que o hospital viveu uma crise braba há bem pouco tempo, quando faltou até lençóis, seringas e medicamentos.

Hoje, o hospital funciona bem, com recursos suficientes e com o funcionamento da UPA, que desafogou o setor de urgência e emergência, especialmente nos finais de semana, tendo em vista que os postos de saúde não funcionam nos sábados, domingos e no período noturno, com exceção de dois; não tivemos mais anestesistas cobrando dos pacientes para realizarem um procedimento e parece que a fila para realização de cirurgias eletivas não existe mais; falta de médicos também não tem sido mais alvo de reclamações por parte da população e as reclamações de mau atendimento, principalmente por parte desses profissionais, que muitas vezes quando os pacientes chegavam, estavam dormindo e não podiam ser “incomodados” ou estavam fora do hospital. 

Hoje já temos uma oferta razoável de profissionais, principalmente traumatologistas e cirurgiões, evitando esses abusos. A presença dos estudantes de medicina e enfermagem também contribuiu para melhorar o atendimento.

Mesmo assim, o hospital continua fazendo as mesmas cirurgias de 30 anos atrás. Não houve avanços, apesar do crescimento populacional de Cajazeiras e região. Continuamos dependendo de uma ambulância, sempre que alguém dá entrada com suspeita de traumatismo craniano; não houve aumento no número de leitos da UTI, desde que entrou em funcionamento; novos blocos cirúrgicos também não foram construídos e equipados e o Raios X, ainda é o mesmo de décadas, com imagem ruim e constantemente quebrado. 

O hospital avançou quando o prédio velho foi derrubado,com recursos do Governo Federal, conveniados com o Estado, dando lugar a um amplo, inclusive, com dois pavimentos e todo mobiliário novo, mas continua mandando pacientes com traumatismo craniano e doenças cardíacas para João Pessoa e Campina Grande.

Wilson Filho
O deputado federal Wilson Wilson Filho, não disponibilizou um único centavo de suas emendas parlamentares para Cajazeiras durante o seu mandato. Seu pai, Wilson Santiago foi responsável pelos recursos para construção da Praça Coração de Jesus, no Centro Comercial de Cajazeiras, obra que custou pouco mais de R$ 100 mil; muito pouco, para quem já obteve boas votações na cidade. Wilson Filho alega que tirou poucos votos no município, mas busca apoios políticos com o objetivo de aumentar essa votação. Espera-se que o vice-prefeito Júnior Araújo cobre do parlamentar que é do seu partido, apresentação de emendas em favor de Cajazeiras, para os próximos anos, como vem fazendo Efraim Filho.

…….

A Gerente Regional de Educação do Estado, Corrinha Delfino estará aniversariando no próximo domingo, dia 30. Recebe os parabéns do esposo, Dimas Abreu, filhos, colegas de trabalho e amigos (as). Parabéns… 

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br