header top bar

José Anchieta

section content

Chuvas, açudes e novas previsões

24/01/2016 às 15h56

Por José Anchieta

O mês de janeiro tem registrado boas precipitações pluviométricas, banhando todos os municípios do Sertão paraibano, e renovando as esperanças dos sertanejos numa quadra invernosa regular. Em Cajazeiras, por exemplo, já choveu quase 150 milímetros, mais ou menos de acordo com a média, mas os grandes reservatórios que abastecem as cidades continuam com nível crítico.
O açude Engenheiro Avidos, responsável pelo abastecimento de Cajazeiras e de outras cidades, não elevou seu volume ainda e está apenas com pouco mais de 6% de sua capacidade de reserva, o que é muito preocupante, principalmente porque as previsões de meteorologistas são de chuvas abaixo da média nos meses de fevereiro, março e abril.

Os órgãos de controle dos recursos hídricos têm conhecimento dessa realidade de Engenheiro Avidos e de outros mananciais do Estado, que precisam de recarga para o abastecimento das cidades. Se não chover o suficiente para elevação dos volumes, o quadro é de colapso total, o que é muito temido pela população.

Em Cajazeiras, o abastecimento já vem sendo feito de forma precária, pois a água não chega normalmente nas áreas mais altas, prejudicando parte da nossa população que reside em bairros mais afastados do centro. A Cagepa explica que tem feito o possível para manter a cidade abastecida, admitindo agravamento da situação se não houver recarga.

Esse é, inegavelmente, um problema que precisa ser encarado com muita seriedade por parte das autoridades competentes. Nesses quatro anos de invernos irregulares, não chove o suficiente para recarga dos grandes mananciais, e a população vive esse risco iminente de colapso no abastecimento, o que é muito lamentável.

Foliões insatisfeitos
O pouco que existe de carnaval público ainda em Cajazeiras está ameaçado, depois da restrição que está sendo feita. É que os blocos e demais espaços alternativos estão sendo obrigados a encerrar suas atividades às 22 horas. Os representantes de blocos e foliões em geral que não querem ou não podem ir ao carnaval privado protestam com muita razão. É lamentável o que está sendo feito para matar essa tradicional manifestação cultural de Cajazeiras.

Carnaval no Tênis
O Tênis Clube de Cajazeiras realiza, este ano, seu 6º Baile da Saudade, com duas famosas orquestras de frevo de Uiraúna. Será no sábado (30), devendo reunir mais uma vez um grande número de cajazeirenses e cajazeirados que, tradicionalmente, brincam a festa de momo no histórico clube da cidade.

Terrenos baldios
Os terrenos baldios em Cajazeiras continuam servindo para acúmulo de lixo e proliferação do mosquito Aedes aegypti. É preciso que o poder público desenvolva ações para solucionar esse grave problema, que se arrasta há muito tempo.

José Anchieta

José Anchieta

Contato: janchietacl@hotmail.com

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória

José Anchieta

José Anchieta

Contato: janchietacl@hotmail.com