header top bar

Fernando Caldeira

section content

Deca: exemplo que a vida dá

08/02/2015 às 00h33

É incontroverso entre a maioria dos sertanejos da região de Cajazeiras que, depois de Edme Tavares, nunca mais o Alto Sertão desfrutou da atenção que merece na Câmara dos Deputados. Diferente dos demais que tentaram sucedê-lo nessa tarefa, Edme tinha o que os demais não têm: a filiação original à cidade e à região! Ou seja, por mais que se esforcem, os deputados que aqui são votados nunca alcançarão o amor à terra e à gente que tem um conterrâneo. Isso é inegável.

Cajazeiras e o Alto Sertão carecem de um deputado federal nato de suas raízes, de suas entranhas. E, sinceramente, um dos nomes que vejo apto a levantar a bandeira sertaneja na Câmara Federal é o do empresário Deca. 

Não se trata apenas do Deca empresário bem sucedido. Se trate do Deca filho legítimo do sertão, do Deca comerciário, balconista, do Deca absolutamente imerso nas coisas da região, desde o seu nascedouro. Se trata de alguém que aqui nasceu, aqui se criou, aqui trabalhou, cresceu e venceu. Se trata de alguém que expandiu seus negócios além sertão, sem nunca deixar de registrar seus vínculos filial e comercial à terra.

Temerário aqui afirmar que, eleito, Deca seria melhor que Edme Tavares para esta região. Mas com certeza, absoluta certeza, seria mais comprometido, mais cobrado, e certamente mais atuante para as demandas específicas das cidades da região e sua gente, que nossos atuais deputados.

Competência não lhe falta! Menino pobre de Uiraúna, Deca foi da roça, da roça foi ser balconista em Cajazeiras, de balconista passou a pequeno empresário, e daí pra frente, bafejado pela sorte dos que acreditam na força do trabalho, muito trabalho, tornou-se um dos maiores atacadistas do Brasil. 

História, passada e presente, ele tem. Experiência também tem. O que falta saber é se Deca aceita ser candidato para nos representar. E isso depende de muitas variáveis, inclusive da aceitação popular à tese da necessidade de um filho legítimo na Câmara, e de seu nome.

S O L T A S

*A insegurança hídrica vivenciada atualmente em boa parte do Nordeste e da Paraíba, em especial, demonstra bem a necessidade que temos da conclusão urgente de obra de transposição de águas do São Francisco.

*Ou o PT expurga da legenda os que direta ou indiretamente cometeram ilícitos na administração pública e volta para a militância dos movimentos populares, ou corre sério risco de afundar nesse mar de lama em que se transformou a política brasileira.

*O governador Ricardo Coutinho (PSB) fez parte da mesa dos trabalhos na posse de Vital Filho no TCU, sendo por este saudado como representando todos os demais governadores presentes. Na plateia, com cara de poucos amigos, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

*Começaram as conhecidas e propaladas reuniões da bancada federal paraibana, em Brasília, “em favor da PB e dos paraibanos.” Espera-se que, nessa nova legislatura, essas reuniões efetivamente tragam algo para o Estado.

*Se for candidato a prefeito de São José de Piranhas, Zezé de Né Gomes poderá receber o apoio do governador paraibano.

*Neste domingo (8) o prog. TREM DAS ONZE entrevista a Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Léa Silva Santos (DEM). 

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br