header top bar

Reudesman Lopes

section content

É a minha opinião

22/10/2016 às 13h47

Vou falar aqui neste espaço, aproveitando-me do momento, para opinar sobre, o meu pensar no que diz respeito às atribuições de uma secretaria de esportes em um município, afirmo, é a nossa opinião e, como vivemos em uma democracia, vale o respeito ao contraditório. De início, não vejo razão alguma em não se ter no comando, entenda, um secretário e ou uma secretária, se for este o caso, que não seja um profissional da educação física e dos esportes. Qual a causa disso? Sentar na cadeira de um secretário uma pessoa que não entenda deste processo, ou seja sem competência para exercer a função. Depois vem o planejamento, a organização de um calendário de atividades a realizar e apoiar no município, aliás, neste caso, já avançamos nestas últimas passagens de professores secretários de esportes em nossa cidade, mas, urge, um grande encontro de profissionais de educação física e desportistas, para que se discuta projetos e ações para a área dos esportes e das atividades físicas na nossa cidade e que tudo não passe a ser de plena responsabilidade da Prefeitura Municipal e da sua Secretaria de Esportes como vem acontecendo nos dias atuais. Com a crise que estamos, não tem como bancar estes eventos e isso não pode ser uma exclusividade do poder público municipal. Aliás, falando sobre esse tema, promoção de campeonatos e outros similares, entendo que isso não é da competência da Secretaria de Esportes, está errado o que acontece aqui em Cajazeiras, quem tem a obrigação de fazer os seus campeonatos em suas modalidades são as ligas desportivas e não o poder público municipal. Assim, fica uma pergunta:”Para que serve e qual a função das Ligas”? Claro que é organizar a sua modalidade e fomentar a sua massificação. Aqui em Cajazeiras é a secretaria de esportes que banca os campeonatos, desde as arbitragens até as suas premiações. Tudo errado, minha opinião. E quais seriam as atribuições de uma secretaria de esportes? Além de organizar um calendário de eventos, massificar a prática dos esportes com as escolas de esportes nos bairros para crianças, jovens e adolescentes aproveitando os espaços que algumas escolas nestas localidades possuem, traçar uma política de atividades físicas para a população e neste caso específico da nossa cidade observar a criação de uma área de caminhada e realizar eventos pontuais a exemplo da semana da cidade e dos jogos municipais (não escolares) ou de bairros. Nem tudo está errado, claro, mas, muita coisa pode e precisa de uma profunda mudança. É a minha opinião.

Mão na taça?

Já com o acesso garantido para a elite do futebol paraibano em 2017, Internacional-PB e Serrano-PB fizeram na tarde do domingo, dia 16, no Estádio Tomazão, em João Pessoa, o primeiro jogo da final da 2ª divisão. E melhor para os donos da casa. Com dois gols de Bambam, o Colorado venceu por 2 a 1 e agora joga por um empate no jogo da volta para ficar com o título. Os dois times voltam a se enfrentar às 16h deste próximo domingo, dia 23, no Amigão, em Campina Grande. Ao Lobo da Serra, apenas a vitória por dois ou mais gols de diferença interessa. Se vencer por apenas um, o campeão vai ser conhecido após disputa de penalidades máximas.

Acertados

Com a fórmula do campeonato paraibano 2017 já devidamente aprovada pelo conselho arbitral e a FPF, agora é a hora dos clubes começarem a se acertar fora de campo para disputas desta competição que deverá prometer ao torcedor muitos momentos de pura adrenalina em termos de briga no topo da tabela e para não cair para a segundona. Assim, os treinadores começam a ser definidos pelos seus dirigentes: no Botafogo, Schulle renova e continua, no Sousa, Aldeone confirmou a volta de Tazinho, o Campinense anunciou o desconhecido Paulo Foiani e Paraíba vai de Jorge Luiz. Para estes clubes o paraibano 2017 já começou. E os outros clubes?

BOLA DENTRO

Para o Conselho Arbitral que por unanimidade aprovou mudanças para o Campeonato Paraibano 2017. Até que fim a razão falou mais que a paixão. NOTA 10!

BOLA FORA

Para as enormes dificuldades que a Liga Cajazeirense de Desportos vem encontrando para seguir com o campeonato amador de Cajazeiras. Até greve de árbitros já aconteceu. Isso vale a NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br