header top bar

section content

Está chegando a hora

14/08/2015 às 09h51

Neste sábado 15, às 19:30h, tendo como local o Cajazeiras Tênis Clube, estaremos lançando o livro: História do Futebol de Cajazeiras. Uma obra que foi construída alicerçada no nosso amor pela terra do Padre Rolim e seu futebol, resgatando a memória deste esporte em nossa cidade. Este sonho se iniciou nos anos 80 quando aqui voltávamos logo após a nossa formação em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal da Paraíba e naquela oportunidade assumíamos a disciplina de Educação Física no Colégio Estadual de Cajazeiras. 

Mais tarde, fomos apresentar pelo Rádio Alto Piranhas um programa denominado Bate e Rebate em que tinha como característica, entrevistar pessoas ligadas ao futebol cajazeirense. Nesse momento, ao entrevistarmos pessoas como Aranha, Constantino Cartaxo entre outras, sentimos a riqueza que se formava em torno da história do nosso futebol. 

Comecei então a arquivar essas entrevista e transcrevê-las tornando-as documentos da memória futebolística local. Após algum tempo, resolvemos começar um projeto mais audacioso que era tornar isso uma revista do futebol cajazeirense. 

Entretanto, em conversa com a esposa Edinilza e com os filhos Maíra, Maitê e Marcel, disse-lhes que iria fazer uma revista do futebol de Cajazeiras, logo, eles disseram que não e, me apontaram para que nós escrevêssemos um livro e foi ai que começamos o trabalho de pesquisa com idas e vindas a João Pessoa e Campina Grande, cidades em que reside o maior número de cajazeirenses e cajazeirados que viveram a época de ouro do nosso futebol. 

Agradeço a Deus, pela força divina, aos inúmeros colaboradores que já não mais estão entre nós e cito: Ionas Dunga, Marta de Babi, Bento Soares, João Bosco de Menezes Pereira, Aranha, Dr. Higino Pires Ferreira entre outros. Valho-me do presente e agradeço a Ivon Gomes, Anéris Bandeira, Tantino Cartaxo, Dr. Abdiel, José Gonçalves, Renê Moésia, Zélia e Zulene, Meurimão, Nilmar e Marcelo Holanda e outros tanto que foram fantásticos para este trabalho. Pois bem, História do Futebol de Cajazeiras, chega em 15 capítulos e 685 páginas, relatando o início do nosso futebol, os campos e estádios de futebol, os clubes de futebol amador, profissional, da zona rural, feminino, infanto juvenil, nossos árbitros e a imprensa esportiva, de curiosidades do futebol, a história do craque Perpetúo e muito mais. Esperamos que a obra possa ser um objeto de estudo e pesquisa, um caminho a ser seguido e melhorado.

O adeus a Ruberval
Faleceu em João Pessoa nas primeiras horas da tarde do domingo 9, o médico cajazeirense Dr. José Ruberval Farias Maciel, velado e sepultado em Cajazeiras no dia 10, o pediatra foi alvo de manifestações de homenagens por parte de vários segmentos da sociedade local. Ruberval sempre gozou de muito carinho e respeito dos cajazeirenses pela abnegação ao trabalho que realizou em todos os locais por onde exerceu a medicina pela extremada vocação e amor pelo que fazia. 

O seu sepultamento levou milhares de amigos as ruas desta cidade e todos lamentavam a morte de um homem dedicado ao trabalho e a sua família. Nossos votos de pesar a Rosélia sua esposa, aos filhos Rafaela, Ravena e Rafael, a mãe Rubenir e os irmãos, Robson, Rubenilton e Rotsenaidil. Ele foi um grande amigo irmão desse colunista.  

Pesar
Uma das pessoas a quem prestamos uma simples homenagem no nosso livro, pela sua fenomenal contribuição para o nosso livro, faleceu na segunda feira 10, em Campina Grande e foi sepultada na terça feira 11. Trata-se de Marta, viúva do craque Babi que encantou com o seu futebol a todos aqueles que o viram jogar vestindo a camisa atleticana nos anos 50. Pois bem, foi ela que me passou fotos do primeiro clube de futebol de Cajazeiras no ano de 1923 e que através do seu acervo conseguimos ricas e históricas fotografias do Atlético Cajazeirense de Desportos. Marta tinha em Cajazeiras uma legião de amigas e entre elas está Anéris Bandeira e Harolda. O nosso pesar a todos os familiares de Marta.

BOLA DENTRO
Para a empolgação que toma conta de todos os que compõem o Paraíba Esporte Clube, isso notadamente, pelo futebol demonstrado pelo time nos amistosos. Como cajazeirense, sou tricolor desde pequeno. NOTA 10!

BOLA FORA
Para a saída do Spartak da segunda divisão do campeonato paraibano. O bom seria se a Federação Paraibana de Futebol melhorasse o seu critério de escolha para clubes participarem desta competição. Assim, começamos a desvalorizar a segundona. NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br