header top bar

section content

Governar é ter coragem

09/01/2016 às 12h10

Por Fernando Caldeira

Já disse alguém algum dia que ‘governar é estabelecer prioridades.’

Tal afirmação certamente decorre do fato de ser consenso na sociedade de que não há dinheiro para tudo. Logo, ‘governar é estabelecer prioridades!’

E está exatamente aí, no estabelecimento das prioridades, a qualificação de cada administrador público, vez que está no seu discernimento estabelecer quais são as necessidades primeiras de sua gleba administrativa, para nelas sim investir o dinheiro público.

Ora, no Nordeste, como sabemos, chove pouco, quando chove. Nossos açudes estão quase que totalmente secos, colocando em risco iminente o abastecimento d´água humano. Não há produção agrícola, a pecuária é sofrível e de pequena monta, o comércio já debilitado se retrai mais ainda, aumenta o índice de desemprego…, e por aí vai o desmantelo econômico em grande parte decorrente das intempéries climáticas. Isso sem se falar em aedes aegipty, dengue, zica, chicungunya e outras mazelas da nossa realidade.  

Em sã consciência, num quadro desses, que a propósito é o atual vivido no interior do NE, tem lógica um prefeito ou um governador direcionar dinheiro público para realização de carnaval? O carnaval é prioridade?

Nem no Rio de Janeiro, terra do maior carnaval do mundo, hoje o carnaval é prioridade! Basta que se olhe para o caos da rede estadual de saúde daquele Estado e logo se verá que as prioridades são outras.

Imagine numa Paraíba sofrida como a nossa, num sertão sofrido como o nosso, vir se dizer que carnaval seja prioridade! Não é! E nunca deveria ter sido, se algum dia foi!

Qualquer pessoa de bom senso e mediano juízo crítico sabe que as necessidades e prioridades da Paraíba e do sertão são outras bem distantes do carnaval: perfuração de poços, construção de açudes e barreiros, melhorias na rede escolar, na rede de saúde, limpeza e iluminação públicas, valorização do servidor público, pagamento em dia do funcionário…, só para ficar nas principais.

Insistir em direcionamento de dinheiro público para carnaval, neste momento, na Paraíba e principalmente no sertão, é desconhecer nossa realidade, ter interesses econômicos por trás, ou as duas coisas juntas!

Governar é estabelecer prioridades! Estabelecer prioridades é dizer sim e dizer não!

Governar é ter coragem!

*O Trem das Onze volta neste domingo (10) na produção e apresentação do companheiro Arnaldo Lima também nos dias 17 e 24. Dia 31, no Debates Populares, eu retorno de férias. Boa semana a todos!    

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br