header top bar

section content

Juiz implacável

21/06/2014 às 20h15

Depois de Damísio Mangueira, prefeito de Triunfo, que teve o mandato cassado e Tilene Gonçalves, do mesmo município, que perdeu os direitos políticos por oito anos e pagamento de multa, a próxima “vítima” do juiz José Irlando Sobreira Machado” da 37ª zona eleitoral de São João do Rio do Peixe, poderá ser o prefeito de Santa Helena, Emanuel Messias, também acusado de captação ilícita de sufrágios, abuso do poder econômico e uso da máquina administrativa na campanha eleitoral. 

O magistrado tem sido implacável com os acusados e vem metendo a caneta. Se Emanuel for cassado, quem assume a Prefeitura é a segunda colocada no último pleito, Corrinha Félix. Em Triunfo, o juiz determinou a realização de uma nova eleição. A oposição já tem candidato, chama-se Alberto Cândido, presidente da Câmara Municipal. Tilene e Damísio entraram com recurso junto ao TRE e aguardam julgamento.

Vitória
Quem movimentou a política de São João do Rio do Peixe semana passada foi a ex-primeira dama do município, a baiana Vitória Barreto. Ela admitiu apoiar à reeleição do deputado estadual José Aldemir, com quem brigou em 2000. Os aliados de Airton, lógico estão digerindo essa história. 
Já para Federal ela disse que deve apoiar o deputado Wilson Filho, e para o Senado, Wilson Santiago, se ele for candidato, além de Cássio Cunha Lima para governador. 
Vitória admitiu a possibilidade de disputar a prefeitura em 2016, afirmando que seu nome estava à disposição, independente de Lavoisier ser candidato ou não. Vitória lamentou ter voltado a São João do Rio do Peixe, depois de um ano e cinco meses e ter encontrado as obras deixadas pela administração passada, inacabadas. 

Sem candidato
Em mais uma pesquisa  realizada pela MúltiplaParaíba.com.br os dados apontam que  37,07% dos  paraibanos ainda não têm candidato definido  para governador do Estado. Perguntado em quem votaria para governador do Estado se as eleições fossem hoje, o eleitor respondeu o seguinte: Não sabe: 37,07; Cássio Cunha Lima, 33,20%; Ricardo Coutinho, 22,26% e Veneziano, 6,85%.

Desrespeito
Falta de respeito, de educação e agressão foi o que assistimos no jogo de abertura da Copa do Mundo, com a maior autoridade do País e uma mulher. Certamente o maior constrangimento que a presidente já passou em sua vida. O que podemos deduzir é que a classe média; a elite, certamente também não está satisfeita com a situação do País. Na realidade, quem estava no Estádio devia ter aplaudido a presidente que está realizando a competição contra tudo e contra todos, justamente para que aqueles que ali estavam pudesse assistir uma copa em seu País.

Aguardando
A imprensa aguarda com expectativa o desfecho das negociações políticas para formação da chapa majoritária, principalmente depois das informações dando conta de que o PMDB de Veneziano e Maranhão poderia se compor com o PSB de Ricardo Coutinho.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br