header top bar

section content

Juiz prorroga, prisão temporária dos envolvidos na operação Andaime

30/06/2015 às 19h33

O Juiz Federal Marcelo Sampaio, que está respondendo cumulativamente pela 8ª vara Federal, em Sousa, prorrogou por mais cinco dias, em decisão tomada na tarde desta terça-feira (30), as prisões temporárias dos presos, na última sexta-feira, na operação andaime, desencadeada pela Polícia Federal, MPF e CGU, na cidade de Cajazeiras e em outros 03 municípios da região.

Foram prorrogadas as prisões temporárias do empresário Mário Messias Filho (Marinho), que foi candidato a prefeito de Cajazeiras em 2008, os engenheiros Márcio Braga, Jorge Viturino, Horley Fernandes e seu filho Arley Braga, além de Hélio Farias e Afrânio Gondim, que estão presos, na cela 15, do presídio regional de Cajazeiras, desde a noite da sexta-feira (26), após serem ouvidos pela Polícia Federal, na cidade de Patos.

O Juiz justificou a necessidade de prorrogação da prisão dos envolvidos na operação andaime que, conforme informação do MPF visa desarticular quadrilha especializada em fraudar licitações em obras e serviços de engenharia executados por 16 prefeituras do Alto Sertão da Paraíba, para que seja possível fazer uma avaliação mais detalhada na documentação apreendida durante a operação.

A Justiça já havia negado pedido de prisão domiciliar feitos pelos advogados de Horley Fernandes e Hélio Farias, que alegavam serem os mesmos portadores de problemas de saúde. O engenheiro Horley Fernandes chegou a ser transferido, pela direção do presídio, para o Hospital Regional de Cajazeiras, mas o preso foi recolhido, ainda no final de semana, ao presídio padrão de Cajazeiras. Também foram negados pedidos dos presos detentores de curso superior, para que fossem transferidos para a sede do 6º Batalhão de Polícia Militar, além de um pedido de Relaxamento de prisão feito pelo advogado de Afrânio Gondim.

Os que foram presos preventivamente, o construtor cajazeirense Francisco Justino do Nascimento e sua esposa Laninha Alexandre, além do engenheiro Wendel Dantas, esposo da atual prefeita de Joca Claudino, Lucrécia Adriana, continuam recolhidos nos presídios de Cajazeiras.

Estima-se em R$ 18.337.000,00 o montante de verbas federais alcançadas pelos criminosos.

Adjamilton Pereira

Veja mais – http://adjamilton.jornaldaparaiba.com.br/

Adjamilton Pereira

Adjamilton Pereira

Adjamilton Pereira é Jornalista e Advogado, natural de Cajazeiras, com passagens pelos Jornais O Norte e Correio da Paraíba, também com atuação marcante no rádio, onde por mais de cinco anos, apresentou o Programa Boca Quente, da Difusora Rádio Cajazeiras, além de ter exercido a função de Secretário de Comunicação da Prefeitura de Cajazeiras.

Contato: adjamiltonpereira@bol.com.br

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

Adjamilton Pereira

Adjamilton Pereira

Adjamilton Pereira é Jornalista e Advogado, natural de Cajazeiras, com passagens pelos Jornais O Norte e Correio da Paraíba, também com atuação marcante no rádio, onde por mais de cinco anos, apresentou o Programa Boca Quente, da Difusora Rádio Cajazeiras, além de ter exercido a função de Secretário de Comunicação da Prefeitura de Cajazeiras.

Contato: adjamiltonpereira@bol.com.br