header top bar

José Ronildo

section content

Leite da Paraíba

13/08/2016 às 13h29 • atualizado em 13/08/2016 às 13h30

Projeto é aprovado no senado (Foto ilustrativa)

Representantes das Associações de Produtores de leite do Estado lamentam a situação do programa do “Leite da Paraba” que é gerenciado pelo Estado e os recursos repassados pelo governo federal, com reflexos negativos no setor.

Segundo os produtores até 2009 mais de 120 mil litros de leite eram distribuídos diariamente em todo o Estado, através do programa que aliou reforço alimentar para as famílias carentes das cidades e até da zona rural, ao incentivo financeiro para os pequenos produtores rurais que passaram a ter a certeza da compra do seu produto, através de um intenso processo de associativismo.

Eles destacam a questão da segurança alimentar aliada à fixação do homem à terra, o que contribuiu ainda como um regulador do mercado de leite, proporcionando um desenvolvimento inédito na zona rural paraibana.
Eles lamentam que 32 laticínios fornecedores do programa do leite que a Paraíba tinha até 2009, 23 já fecharam as portas devido ao esfacelamento do programa Leite da Paraíba.

Além dos preços fora da realidade do mercado, os produtores têm enfrentando ainda a questão da cota diária por produtor, apenas 13 litros para o leite de cabra e 19 litros para o leite de vaca.

Em Cajazeiras o programa que atendia mais de duas mil pessoas, está com 900, aguardando uma decisão dos governos estadual e federal. Com certeza esse leite deve está fazendo muita falta a muitas crianças pobres da periferia de nossa cidade.

Segundo informações da própria Secretaria de Desenvolvimento humano, em algumas cidades o governo já substituiu o leite por um cartão de crédito, como é o caso de João Pessoa, onde a família contemplada com o programa vai até um estabelecimento comercial e compra gêneros alimentícios.

Isso estaria ocorrendo em função da falta de leite em algumas regiões. Em Cajazeiras, o leite será substituído por outros produtos que vão ficar a cargo dos contemplados.

Em alguns municípios da região, o programa vai continuar distribuindo o leite, como Uiraúna, São João do Rio do Peixe e Joca Claudino, por ter uma boa bacia leiteira.

Carlos Rafael faz sua defesa após denúncia do MP

Carlos Rafael
Carlos Rafael resolveu não disputar um mandato de vereador nas eleições deste ano. Ele preferiu continuar com a condição de ex-prefeito do que descer três degraus, voltando a condição inicial da sua trajetória política, quando se elegeu vereador, ainda muito jovem e depois, vice-prefeito e em seguida prefeita, com a renúncia de Léo Abreu, tendo disputar a continuidade do cargo, mas sem êxito. Rafael informou aos seus seguidores nas redes sociais que outros embates políticos virão e ele deve participar.

Projeto é do senador Cássio Cunha Lima

Ameaça de morte
O líder do PSDB no Senado Federal, Cássio Cunha Lima, recorreu à Polícia Federal para pedir proteção após ter recebido duas cartas com ameaças de morte. Segundo o tucano, as cartas diziam que ele não passaria o Natal vivo se votasse a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O paraibano é um dos árduos defensores do afastamento da petista do governo. As informações são da coluna Painel, da Folha de São Paulo.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na Tv recebe Everly Paloma e Forró Bom de Mexer de Ipaumirim- CE

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br