header top bar

Reudesman Lopes

section content

Mais que um título

28/11/2015 às 21h03

Por Reudesman Lopes

Na sexta feira que passou, 20, estivemos em Campina Grande, eu, Edinilza e Darlene, para presenciarmos a apresentação da tese de doutorado de Maíra, nossa filha e sobrinha de Dadá.  E olha o nome deste trabalho: COMPOSTOS BIOATIVOS E CAPACIDADE ANTIOXIDANTE EM BLENDS EM PÓ DE FRUTAS E HORTALIÇAS SECOS POR ATOMIZAÇÃO. 

Como diz aquela propaganda de um cartão de crédito: “Isso não tem preço”. Pois bem, mais que um título, como denomino o texto, esse foi um momento inesquecível para a família, ali representada por nós. Chegando ao auditório da Unidade Acadêmica da Engenharia Mecânica na UFCG em Campina Grande,  um filme foi passando na nossa mente, recordações, o nascimento de Maíra a primeira filha nascida no dia do aniversário da avó Nazareth Lopes e claro, a primeira neta dela, os primeiros passos de Maíra indo para o Colégio Nossa Senhora de Lourdes, as suas primeiras professoras, Salete e Hosana, o Ensino Médio no Objetivo em Cajazeiras, o vestibular, a Universidade Estadual em Campina Grande, as conclusões da graduação em Farmácia e Química Industrial, o mestrado em João Pessoa na UFPB. 

Maíra falou: Um título (de doutor) realmente nos orgulha, pois somos humanos e imperfeitos e de vez em quando precisamos de "papéis" para nos sentir competentes, admirados, "no mercado de trabalho", ou para comprar algo material. Entretanto o que mais me orgulhou nessa etapa da minha vida (doutoramento) foi saber que posso contar com a colaboração e participação de pessoas que junto comigo almejam o meu crescimento. 

Primeiramente Deus, pois sem ele não podemos levantar ao nascer do Sol, depois minha família, pais, Reudesman e Edinilza, irmãos, Maitê e Marcel, tios e tias, em especial meu filho Bernardo (pela paciência, às vezes nem tanto e compreensão quando mamãe tinha que trabalhar) e meu companheiro, amigo e "pau pra toda obra", Emanuel, que me acompanhou em Todos os momentos, desde a feira central de Campina Grande onde adquiri a matéria-prima para o meu experimento, depois as horas para preparar os blends para a secagem, os dias escutando o "truuuuuuuuuu" do motor do secador nos ouvidos a cada 3 minutos, as noites em claro no Laboratório que dava medo de ficar sozinha secando (e ele ficava, para eu voltar para casa e ficar com Bernardo!), as análises nos laboratórios de Pombal, dias afinco, cansativos e que pareciam que as amostras estavam se multiplicando, e quando dava errado!! ahhh!! ele sempre me acalmava, e finalmente no momento da escrita, ele como um pai muito atencioso sempre cuidando da cria para a mamãe trabalhar! Aos meus pais pelo apoio incondicional e irmãos pela ajuda com BB, a família de Emanuel em especial, minha sogra Eliete, cunhada Késia, por me ajudarem com Bernardo em Campina Grande, por sempre estarem disponíveis a ficar com ele, desde as aulas, até os momentos dos experimentos. Agradeço ao meu orientador e demais professores da banca que contribuíram significativamente (estatisticamente…p>0,5…kkkk) para o caráter científico do meu trabalho, os doutores: Osvaldo Soares, Adriana Santos, Marcello Almeida, Fernanda Vanessa, Franciscleudo Bezerra e Ângela Maria Santiago, esta desde a graduação e me acompanha, me guia e é um exemplo de profissional e amiga, e muito me incentivou nesta pesquisa. Aos colegas de doutorado, em especial a amiga, Gilmara Gurjão Carneiro, sempre disposta a ajudar, pessoa de coração enorme, fazia minha matrícula sempre, até mesmo quando eu esquecia. 

A Renata Tati Duarte, técnica em Química da UFCG, um anjo, linda por dentro e por fora, simpática e que não media esforços para colaborar, sempre dava um jeitinho pra tudo. Aos técnicos e terceirizados do CCTA, pela amizade e colaboração direta ou indiretamente em algumas análises, irmã Fabíola Farias, Climene Medeiros, Wélida Emanuel Mônica, Jeanne Medeiros, Luiz Fernando Oliveira, Everton Vieira (Evertim), Roberta Chaiene, Joyce, dona Lucy e dona Lucielma. As ex alunas Júlia e Maria Marlene pela ajuda nas análises. Aos julgadores da análise sensorial. Aos professores Luiz Gualberto e Mônica Correa por terem se disponibilizados a ficar com minhas disciplinas para eu conseguir o afastamento. Realmente é muita gente que gosta de mim, e isso sim é que me deixa mais FELIZ !! OBRIGADA DE CORAÇÃO A TODOS!

Concluo agradecendo a Deus por essa conquista que dignifica o investimento feito na educação de todos os netos e netas pela avó Nazareth Lopes Ferreira, ela será sempre um exemplo a ser seguido por nós e, com certeza, lá no céu, ela com aquela sua alegria de uma autêntica educadora que foi, fez uma grande festa pelo sucesso da neta Maíra em alcançar um doutorado. Obrigado meu Deus e meu senhor, obrigado minha mãe Tété e a você minha filha Maíra os nossos parabéns pelo seu empenho e desempenho alcançado e rogando a Deus que te abençoe junto a Emanuel, Bernardo e a todos que verdadeiramente te amam. Deus te abençoe. 
 

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br