header top bar

section content

No clima junino e da Copa

13/06/2014 às 18h27

O Sertão da Paraíba, a exemplo do que ocorre em outras regiões do interior nordestino, vive o tempo dos festejos de Santo Antonio São João e São Pedro. Essa é uma tradição da região marcada por muita festa junina, principalmente nas cidades que realizam grandes eventos turísticos, a exemplo de Sousa e Patos. A nossa cidade de Cajazeiras, infelizmente, está fora, com o fim do Xamegão.

Mas, as festividades juninas deste ano contam com um ingrediente a mais: a Copa do Mundo que, normalmente, atrai as atenções de significativa parcela da população. E se o time brasileiro começar bem e chegar até a final da competição internacional, há uma tendência de muito mais festa nessas cidades que realizam eventos, o que deverá repercutir positivamente em suas economias.

E é nesse clima junino e de Copa, que acontece uma verdadeira batalha nos bastidores da política. E isso se explica porque também estamos em um ano de eleições para presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais.

Os partidos políticos têm até o próximo dia 30 deste mês, prazo para realização de suas convenções para escolha e homologação de alianças e candidaturas. Por isso, a corrida no âmbito partidária é muito grande, com todos os envolvidos nesse processo pré-eleitoral querendo definir posições e consolidar as melhores condições de disputa.

A aproximação da data limite para as definições tem gerado um quadro de muita movimentação. Isso é comum porque uma boa composição partidária pode ser fundamental para garantir o êxito de uma candidatura. Aliás, os analistas políticos costumam dizer que a vitória começa, exatamente, com uma boa aliança.

 A Paraíba, especificamente, vive essa efervescência como nunca, com três fortes pré-candidaturas, buscando seus espaços para a disputa que se aproxima. Apesar de alguns avanços para formação das coligações partidárias e lançamento de nomes, o cenário ainda é de indefinição, podendo registrar algumas surpresas de última hora.
 
Lamentando
O deputado Vituriano de Abreu voltou a lamentar, em comentário nas redes sociais, o fim do Xamegão. Segundo ele, a população não vai aceitar nunca as desculpas da atual gestão, que alega falta de condição financeira para realizar o evento. Para ele, faltaram duas coisas: vontade e capacidade.

Mais um na disputa
O ex-prefeito Carlos Rafael revelou à imprensa, esta semana, que deverá mesmo disputar um mandato de deputado estadual, nas próximas eleições. Agora, são quatro: José Aldemir, Vituriano, Jeová e Rafael, disputando a preferência do nosso eleitorado.

José Anchieta

José Anchieta

Redator do Jornal Gazeta do Alto Piranhas, Radialista, Professor formado em Letras pela UFPB.

Contato: janchietacl@hotmail.com

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

José Anchieta

José Anchieta

Redator do Jornal Gazeta do Alto Piranhas, Radialista, Professor formado em Letras pela UFPB.

Contato: janchietacl@hotmail.com