header top bar

José Antonio

section content

Novas lutas e embates de Cajazeiras

11/05/2018 às 13h38

Estamos aguardando a liberação de recursos na ordem de 168 milhões de reais para a construção do novo Hospital Universitário

A cidade de Cajazeiras, dependendo da disposição de luta de seus filhos, vislumbra um futuro extremamente alvissareiro, pois muitas são as frentes de batalhas, todas no sentido de grandes empreendimentos.

No setor educacional existe a possibilidade da criação da Universidade Federal do Sertão e do Instituto Federal de Educação, cujas reitorias sendo instaladas em Cajazeiras, haverá um aporte grandioso de recursos e gerará um número elevado de empregos.

Ainda no setor educacional estamos aguardando a liberação de recursos na ordem de 168 milhões de reais para a construção do novo Hospital Universitário, cujo projeto já foi concluído, que servirá de campo de estágio para os cursos da área de saúde do Campus da UFCG e terá 200 leitos e com previsão de serem contratados cerca de 1.100 funcionários. O orçamento para fazer funcionar este hospital atingirá cifras de milhões de reais.

Quando inaugurada esta unidade hospitalar, além do Hospital Regional e do Hospital Universitário Julio Bandeira, Cajazeiras poderá se transformar no terceiro pólo de saúde do Estado, sem esquecermos que temos mais de dois mil acadêmicos dos cursos da área de saúde mantidos pelo poder público e pela iniciativa privada.

Tem outro fato que a cidade precisa despertar para a sua magnitude e importância: a chegada das águas do Rio São Francisco ao território do município e que vai perenizar o Rio Piranhas, cujas terras ribeirinhas poderão se transformar num imensurável campo de produção de frutas. São dezenas de quilômetros, tanto na margem esquerda, quanto na direita por onde circulará as águas necessárias para produzir riqueza, sem esquecermos a possibilidade da construção de tanques para criação de peixe e camarão, produção de pasto para voltarmos a ter um grande rebanho de gado de leite e de cana-de-açúcar para fabricar rapadura e cachaça.

Não tenho dúvida de que num futuro não tão distante, o aeroporto de Cajazeiras, por imposição do próprio mercado, vai ter linhas comerciais, a exemplo do que ocorreu no passado. A vida do homem sempre esteve associada ao tempo e ao espaço e nós vamos precisar, sem dúvida, atingir as longas distâncias num menor espaço de tempo possível.

Já estão sendo encaminhados, em Brasília, os pedidos para o nosso aeroporto seja incluído no programa do governo federal de ampliação e modernização, a exemplo do que ocorreram em Patos, Campina Grande e João Pessoa. Este programa já está muito avançado no vizinho estado do Ceará, que foi beneficiado com oito projetos.

O que estaria faltando para Cajazeiras avançar no setor aéreo? Um representante na Câmara Federal. Eis uma questão que a cidade e seus filhos precisam repensar.

O SESC-SENAT deverá começar em breve a construção de um Centro Educacional, no valor de 20 milhões de reais, às margens da BR 230, em um terreno doado pela prefeitura municipal, uma obra que tem por objetivo principal a formação de mão de obra para o setor de transportes e serviços. Muitos empregos serão gerados após sua inauguração.

Vejo que um dos grandes desafios de Cajazeiras é de voltar a ter representantes no Congresso Nacional. Precisamos de um cidadão bem pertinho, sentando à mesa, de onde se reparte o bolo dos recursos nacionais. Ainda está distante o dia em que andaremos com as nossas próprias pernas.

Até o final desta década, não tenho dúvidas, vamos conquistar o que relacionei neste canto de página.

É preciso sonhar e lutar para se conquistar.

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula

José Antonio

José Antonio

Professor Universitário, Diretor Presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação e Presidente da Associação Comercial de Cajazeiras.

Contato: altopiranhas@uol.com.br