header top bar

Reudesman Lopes

section content

Os Lances da política do Rio do Peixe

26/12/2008 às 17h15

Lance número um:
São mais de 50 constatações de irregularidades, que o relatório da CGU aponta na Prefeitura de Poço de José de Moura. Segundo esse documento, que tem mais de 100 páginas, as denúncias vão desde desvio de recursos da Merenda Escolar até simulação de processos licitatórios. A CGU – Controladoria Geral da União realizou essa fiscalização no último mês de maio e investigou todos os recursos federais repassados aquele município. Esse relatório, que está disponível na página da CGU na internet, no endereço eletrônico www.cgu.gov.br, já foi encaminhado ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério Público Federal, para que as medidas necessárias e de caráter punitivo aos responsáveis possam ser adotadas. Só vendo para acreditar na bandalheira, que foi praticada pela prefeita Aurileide Egídio de Moura e alguns dos seus auxiliares.

Lance número dois:
O prefeito de São João do Rio do Peixe, Lavoisier Dantas, deve mesmo escolher entre os vereadores Joaquim de Edite (PSDB) e Webster Muniz (PP), o nome do novo presidente da Casa Raimundo Gomes Pereira, pelo menos é essa a manifestação dele ao conversar com pessoas mais próximas a sua convivência. Os dois esperam por esse apoio e podem se firmarem no mandato de dois anos cada um. As tratativas para se chegar a esse denominador comum estão sendo feitas com muita engenharia política, para não desgostar os demais concorrentes ao posto. Segundo o que se ouve nos bastidores, Lavoisier Dantas, vai trabalhar cuidadosamente por um revezamento dos dois no poder nos próximos quatro anos, baseando-se em requisitos como, lealdade, paciência e confiança total. Dois fatos importantes merecem ser destacados na disputa serena entre os dois: Muniz sempre foi fiel ao prefeito e do mesmo partido, Joaquim de Edite conta com um aliado de peso, o deputado José Aldemir, que silenciosamente trabalha o seu nome. Para os mais informados sobre essa disputa, os vereadores Duda, João Neto (leia-se Teodomiro), Humberto e Toinho do Gravatá vão ter que aguardar outras oportunidades. Dizem que os argumentos do prefeito são estes em relação a cada um deles: Duda já foi presidente por sua indicação, Teodomiro (João Neto), também já dirigiu aquele poder por duas vezes, Humberto por ter cometido o equivoco de se lançar prematuramente candidato sem ouvi-lo e Toinho porque não se coloca como candidato e tem o irmão como o vice-prefeito eleito (Nenenzinho). É esperar pra ver quem leva a melhor na reta final.

Lance número três:
Numa rápida conversa com a vice-prefeita eleita de Santarém, Dra. Juvinete Anacleto, quis saber como foi a reação dos aliados políticos do bloco comandado pela Prefeita Lucrecia Adriano, em relação ao anuncio da equipe de auxiliares, que estão escalados no primeiro escalão e, que vão começar a trabalhar em janeiro. Com muita segurança, a Dra. Juvinete disse, que nenhuma manifestação de descontentamento foi registrada, apenas comentários discretos sem repercussão, que não vão dificultar essa disposição da nova administração de realizar as mudanças, visando um novo tempo para o município de Santarém. Se ela falou ta dito e escrito.

Lance extra:
Broxou. É assim que está sendo interpretado o posicionamento do prefeito eleito de Poço de José de Moura, Peixe Moura, com relação a disputa pela presidência da Câmara Municipal. O fato é que ele afirmou aos vereadores da bancada que não iria interferir no processo dessa escolha, mas não suportou a pressão da sobrinha, a prefeita Aurileide Moura, que quer de todas as formas eleger a sobrinha, Veluma e terminou por interferir junto a posição do vereador Antônio de Eusébio, que estava propenso a votar no vereador Marcos Gabriel e, depois de consultá-lo teria sido aconselhado a votar em Veluma. Segundo informações que obtivemos outro argumento para atuar sobre a decisão do voto de Antônio de Eusébio teria sido o fato de que o mesmo conta com o apoio dos dois votos da oposição (Geraldinho e Nena). Em resposta, a oposição, que nunca o destratou e estava atuando para manter um bom relacionamento na Câmara, agora deve mudar essa estratégia e atuar com o rigor, que as prerrogativas regimentais os colocam, sem falar, que o mesmo ganhou a antipatia de mais dois vereadores da sua bancada, o próprio Marcos Gabriel, que pediu o seu apoio e ele disse que estava fora dessa disputa e o outro, o vereador Paulinho. Assim, de dois a oposição pode, nessa posição do prefeito ter passado para quatro vereadores. Se dois já poderiam causar dor de cabeça, imagine quatro. Quem não sabe perder, não sabe ganhar.

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br