header top bar

Reudesman Lopes

section content

Os Pingos Quentes da Política

26/11/2007 às 09h45

Saia justa
Quem estiver pensando que pelo fato de ser candidato apoiado por Damisio Mangueira, prefeito de Triunfo, não vai ter disputa arroxada em 2008 está redondamente enganado. Quer uma demonstração dessa opinião? Recapitule a eleição de 2004. Nela, o então vereador, Antônio de Suru, diga-se de passagem inexpressivo do ponto de vista de densidade eleitoral, ainda conseguiu obter mais de 2000 mil votos, dificultando em muito a reeleição do atual prefeito. Agora, mesmo esquecendo o fato de não ser Damísio o candidato, some-se a performance do vereador Cesário Neto, que nunca perdeu uma eleição, tem um poder muito de convencimento e persuasão, sem contar com uma boa base de apoio junto as lideranças políticas, aliada a uma grande disposição da população de mudança nas rédeas do poder público daquele município. Sendo assim e em se tratando de sucessão municipal em Triunfo, seria muito prematuro falar em disputa tranqüila para o candidato da situação, que no caso específico é o empresário Itamar Mangueira. Lá, certamente o cancão vai piar, como diria o amigo e colega radialista, Paulo Feitosa. Acompanhe e verá.

Muita confiança
Além da desistência do Dr. Thiago, sobrinho do prefeito Doutor Bosco, que não vai mais disputar a eleição de 2008 em Uiraúna, somado a dificuldade em encontrar um outro nome, que possa unir forças e conquistar o eleitorado, são fatores que vem contribuindo para o crescimento da candidatura de oposição, que atende pelo nome de Doutor Paulo Artur, médico e ex-prefeito daquele município. Essa é a principal argumentação que estamos a ouvir nos dias atuais em Uiraúna. Doutor Paulo está empolgado nessa fase e, ao prestar entrevista a esse programa, no último sábado, demonstrou muita segurança e disposição para o embate do pleito que se avizinha. Em cada resposta, ele se mostrou determinado e pronto para a disputa e em nenhum momento deixou transparecer insegurança nas suas afirmações, principalmente àquelas ligadas as dificuldades de enfrentamento do candidato oficial do grande líder e prefeito Doutor Bosco. Sua aparência é de serenidade e confiança num resultado satisfatório nas urnas em 2008. Que se cuide a situação.

E agora José?
Foi mesmo espantosa a declaração do deputado José Aldemir, ao responder uma pergunta do radialista Chico Cardoso, no seu programa o caldeirão político, que quis saber dele se o seu apoio estava consolidado com relação a reeleição do prefeito Lavoisier Dantas. De forma inesperada e surpreendendo a todos, Zé Aldemir, disse que ainda iria reunir o colegiado que integra a sua base eleitoral em São João, para depois decidir que rumo e que candidatura apoiar em 2008 naquele município. Essa resposta, deixou em alerta o prefeito e seus principais aliados, considerando que não faz muito tempo, o deputado teria alardeado o seu incondicional e irrestrito apoio a reeleição de Lavoisier Dantas. Como em política tudo pode acontecer, nada melhor do que, nessa situação, empregar aquele ditado popular e antiquíssimo, que diz “esperança é a última que morre e desconfiado até hoje vive”.

Do céu para o inferno
Nada confortável a situação do presidente da Câmara Municipal de Santarém, vereador Espedito Leite. Explico. É que dirigir o poder legislativo sem qualquer voz na oposição, significa navegar em águas tranqüilas. Tudo transcorre sem nenhuma reação contrária ao modelo de gestão colocado em prática, afinal de contas, todos estão no mesmo barco. Agora, a situação virou de ponta cabeça e nada mais é como antes. Isto porque a composição daquela casa legislativa sofreu uma repentina e inesperada mudança na sua formação. Dos nove vereadores, que formavam uma única bancada e que não representavam incômodo nenhum ao presidente, cinco mudaram de lado, iniciam uma dura oposição a Espedito Leite, o que vem constrangendo a sua administração. Observa-se que com os papéis invertidos, que é fruto do rompimento da vice-prefeita Lucrécia Barbosa, pré-candidata a prefeita, a conjuntura político/administrativo em Santarém é outra, consequentemente muitas dificuldades surgirão no caminho do presidente Espedito Leite. A liderança desse bloco recém criado, tem esboçado uma vigilância implacável ao andamento dos trabalhos legislativos em Santarém e o seu artífice, vereador Flávio Duarte, não se cansa de cobrar lisura e respeito ao regimento da casa e a Lei Orgânica do município. Tudo isso representa uma mudança radical, fato semelhante a transformação da água para o vinho. Que se cuide o irreverente Espedito Leite.

Desistência confirmada
No Questão de Ordem, edição do último sábado, trouxe a informação de uma possível dificuldade, por que passava a candidatura do médico Doutor Thiago Fernandes, sobrinho de Doutor Bosco, que até então, era listado a condição de pré-candidato a prefeito da situação em Uiraúna. Naquele mesmo dia, ele já não podia ser mais considerado um nome candidatável, pois havia formalizado a sua desistência, dias antes, em reunião interna da família e do esquema político comandado por Doutor Bosco. No lance daquela edição, nós dizíamos da dificuldade que estava encontrando, o Doutor Thiago, para emplacar o seu nome e assim consolidar a sua disposição de se projetar como o escolhido do esquema dominante. Não consegui apurar, qual teria sido o motivo principal da desistência do Doutor Thiago, porém há quem diga em Uiraúna, que o seu nome não caia na graça do povo, principalmente dos próprios aliados do prefeito. Depois dessa trombada, o esquema do prefeito de Uiraúna, conta agora, com os nomes da doutora Glória Geane, médica com grande carisma no município, bem como e mais uma vez a volta do nome do Doutor Chaguinha, que surgir como outra opção. Ele mesmo me disse, que está pronto, no entanto não vai fazer qualquer imposição ou manobra que possa parecer candidatura forçada. Se o grupo assim o desejar, o seu nome estará sempre a disposição. Concluiu Chaguinha, já com desenvoltura de pré-candidato.

Pai da criança II
Quem me garantiu essa semana foi o empresário Aírton Pires. A obra do asfaltamento da estrada federal São João/Marizópolis vai começar ainda este mês, que segundo ele é um pleito da oposição daquele município. Leia-se Ele, Zé Nilton e Wagner. Aírton ainda aproveitou a ocasião da nossa conversa para fazer uma revelação estarrecedora. Disse que a obra da Escola Agrotécnica Federal de Pilões, que fora muito alardeada pelo prefeito Lavoisier Dantas é uma balela. Não há em qualquer lugar do Estado ou em Brasília, nada que possa está confirmando essa obra para São João. O que está, segundo ele, incluído para o orçamento de 2008 e que é esforço da bancada federal, leia-se Wilson Santiago é a construção do açude Cacimba Nova, o que no final, mais uma vez, vai ser depositado na conta da oposição de São João.

Com Deus e o Povo
O que temos observado em Poço de José de Moura é que não tem jeito mesmo, quando o povo quer, nem a chibata, nem a arrogância, nem a prepotência, nem a pressão estão conseguindo sustentar e esbarrar a vontade do povo, que quer mudar os destinos administrativos e políticos daquela cidade. Pelo menos esse é o quadro, que está se desenhando para o pré-candidato a prefeito vereador Paulo Braz. Por mais que a prefeita, Aurileide Moura pressione o eleitorado para votar nos seus candidatos, mais elas se entusiasmam e reafirmam o desejo, a disposição e a vontade incontida de votar no nome do vereador Paulo Braz.
Situação semelhante experimenta o jovem e destemido Iranildo Alencar, que assumiu em definitivo a sua pré-candidatura a vereador em 2008. Com uma postura corajosa, coerente e determinada, Iranildo tem ganhado a simpatia e apoios a sua disposição de luta, com vistas a garantir uma vitória confortável, para chegar e ocupar uma cadeira na Câmara Municipal daquele Município. O partido a que Iranildo está filiado é o PTB, que é a mesma sigla do pré-candidato a prefeito Paulo Braz. O que se ouve nas costumeiras conversas de bastidores da sucessão municipal em Poço de José de Moura é que o nome de Iranildo tem ocupado espaços importantes nessa disputa, fato esse perfeitamente perceptível, dado as suas determinadas e corajosas posições. Há também quem o aponte como uma excelente oportunidade de mudança nos quadros da composição do poder legislativo municipal, repleto de vereadores sem expressão e desprovidos do poder que os mesmo carregam, para desenvolverem um trabalho consistente de fiscalização do poder executivo. Iranildo Alenacr tem base de apoio eleitoral, que parte do Bezerro Amarrado, zona sul do Município, até a sede, com reais chances de obter uma votação, que garantirá o seu lugar na Casa Raimundo Dantas de Oliveira.

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br