header top bar

José Ronildo

section content

Pagando o preço

09/07/2016 às 13h54

Júnior Araújo fala sobre política de 2018

O vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo terminou pagando o preço, primeiro pelo apoio a candidatura de Cássio Cunha Lima ao governo e depois, pela postagem quando chamou o governador Ricardo Coutinho, de perseguidor.

Certamente, o vice-prefeito não imaginava que o governador tivesse participação na formação da chapa, afinal, foi a primeira vez que isso aconteceu. Antes as lideranças formavam a chapa e somente depois, levavam ao conhecimento do governador.

Mesmo que não tivesse acontecido esse problema que culminou com mudança no vice da prefeita Denise, para alguns analistas, terminou sendo interessante, já que entendem que uma novidade na chapa seria interessante, principalmente pelo fato dela ser muito familiar, uma vez que Júnior é primo legítimo do ex-prefeito, Carlos Antonio, mesmo diante da importância de Júnior Araújo, que não criou qualquer tipo de problema; que comanda um partido e conta com um bom círculo de amizades na cidade.

O ex-prefeito Carlos Antonio pelo visto ainda alimenta a esperança de uma aproximação entre Júnior e Ricardo e chegou a apostar no nome do vice-prefeito, para a ocupação de melhores espaços na política local e regional, disputando, por exemplo, um mandato de deputado federal, ocupando uma lacuna existente na cidade, que continua tendo que pedir favores a políticos de fora, a exemplo de Efraim Filho, Pedro Cunha Lima, Wilson Filho, Manoel Júnior, Agnaldo Ribeiro e Wellington Roberto.

Verba de gabinete
O deputado federal que gastou mais da verba indenizatória, colocada a disposição dos parlamentares para despesas como viagens, consultorias, escritórios, hospedagens, etc, de janeiro a maio, foi Rômulo Gouveia (R$ 239.869,10); Veneziano (R$ 221.749,94); Benjamin Maranhão (R$ 205.332,21); Manoel Júnior (R$ 182.649,04); Damião Feliciano (R$ 174.891,47); Efraim Filho (R$ 146.874,17); Hugo Mota (R$ 140.240,75); Luiz Couto (R$ 100.897,90); Pedro Cunha Lima (R$ 41.451,70).

CURTAS
*O PT estadual proibiu coligação da legenda como o PSDB, DEM e PPS. Com o PMDB precisa ser analisada pela executiva estadual. Isso vai dificultar uma possível aliança do partido José Aldemir.

*A administração municipal de Cajazeiras iniciou a obra da Academia de Saúde no Parque Dom Bosco, no Bairro de Capoeiras, com recursos do Ministério da Saúde.

*Parabenizar os novos bacharéis em direito da cidade, Joselito Feitosa, Rony Dantas, Castelo, Kleber Lima e Márcia Rejane.

*Veneziano se diz pré-candidato a prefeito de Campina Grande, entretanto, está cada vez mais enrolado com a justiça.

*O fim da aliança entre Ricardo e Zé Maranhão é “favas contadas”. O senador está cada vez mais próximo de Cássio Cunha Lima.

*Cartaxo, Maranhão e Cássio deverão estar junto na próxima campanha estadual.

*Foi marcada a primeira convenção da região. Dia 30, serão homologadas as candidaturas de Júnior Glória (PSB), para prefeito de Triunfo e Chico Batista (Pros), para vice, além dos candidatos a vereador.

*Júnior Araújo, vetado pelo governador como companheiro de chapa, estaria em plena campanha para deputado estadual.

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na Tv recebe Everly Paloma e Forró Bom de Mexer de Ipaumirim- CE

José Ronildo

José Ronildo

Redator do Jornal Gazeta, Radialista e apresentador do Microfone Aberto da Rádio Alto Piranhas

Contato: altopiranhas@uol.com.br