header top bar

Reudesman Lopes

section content

Pobre futebol

17/02/2017 às 12h44

Depois de uma longa paralisação sem jogos pelo paraibano, pelas participações de Botafogo e Campinense Clube em jogos da Copa Nordeste e Copa do Brasil, o campeonato paraibano voltou às suas disputas com a sua oitava rodada e nela alguns resultados interessantes como a primeira vitória do Sousa Esporte Clube que na capital derrotou o fraquíssimo CSP que começa a despontar como um dos favoritos à luta contra o rebaixamento, em Campina Grande o Botafogo fez prevalecer o seu amplo favoritismo, venceu o Treze e disparou na liderança, Auto Esporte e Internacional empataram em João Pessoa um resultado normal. Falando agora dos nossos dois representantes, o Paraíba jogou em Campina Grande contra o Campinense e no fechamento desta edição ainda não tínhamos o resultado desta partida. Já o Atlético, o nosso Trovão Azul do Sertão, enfrentou e venceu o Serrano em Cajazeiras, 1 a 0 com um gol de penalidade máxima convertida pelo meia Rato. Se, eu disse, se, o resultado desta vitória foi muito bom pois nos recoloca na segunda colocação desta competição e, para muitos o que deve ser contabilizado são mesmo os três pontos, então, fantástico, mas, se, eu disse, se, e novamente, nós formos analisarmos a partida que o Atlético fez após uma pausa de mais de 12 dias, isso é deveras preocupante para quem quer chegar à fase final do paraibano almejando uma vaga para a Copa Nordeste e a Série D do brasileirinho. E, o que chamo de preocupante para com o Atlético? O pobre, aliás, paupérrimo, futebol que ele demonstrou e, mais uma vez apresentou aos seus torcedores, mesmo tendo um enorme tempo para as correções que esperávamos tê-las acontecido e pelo jogo da quarta contra o Serrano ficou clara que elas não se efetivaram com era nosso desejo. Longe, muito longe, das apresentações iniciais que nos encantara, o nosso amado Trovão passou de “dominador” aqui no Perpetão, a dominado e, assim vimos nestas últimas rodadas em que tivemos o mando de campo em Cajazeiras. Mas, o que anda faltando e quais as causas que evidenciam o acentuado declínio técnico e tático da equipe e dos seus jogadores? Uns apontam o “extra campo”, “farras”, não sei e nem quero saber, desde que em campo, como torcedor, possa ver futebol, entendendo que esses fatores não se associam ao profissionalismo. Já outros estão apontando os treinamentos táticos, também, não posso opinar, não tenho tido aquele tempinho para ver o trabalho de campo da comissão técnica. Uma coisa é certa, o futebol do Atlético está pobre demais e nos preocupa para quem quer chegar.

Adeus a Corrozinho

A cidade de Cajazeiras e todos os seus milhares de amigos deram adeus ao nobre garçom que durante décadas trabalhou em festas tanto no extinto Clube 1º de maio bem como no Cajazeiras Tênis Clube. Corrozinho era daqueles que todos os que tiveram a oportunidade da sua convivência os fazia feliz com as suas piadas, brincadeiras era daqueles que não perdia um jogo sequer do Atlético para ver o filho Coronel jogar. Deixa-nos um legado de um grande cidadão e de um homem trabalhador. Registro os nossos pêsames a Coronel, Bita, Ronaldo e demais familiares.

Primeira

O Sousa Esporte Clube conseguiu na noite da quarta feira 15, a sua primeira vitória no Campeonato Paraibano e, diga-se, um grande resultado, pois foi a João Pessoa e no Almeidão derrotou o CSP pelo placar de 2 a 0. O Dino ainda não saiu da zona da degola, mas, o resultado serve para que os sousenses possam sonhar em sua manutenção na elite do Paraibano. Pelo visto, a paralisação desta competição serviu para dar aquela arrumada na equipe e reforça-la para o restante do campeonato. Neste domingo o Sousa tem mais uma oportunidade de subir na sua pontuação, joga em casa e pega o fraco time do Serrano.

BOLA DENTRO

Para o verde que começa a tomar conta do gramado do Perpetão. Está lindo de se ver. Parabenizar Luizinho pelo trabalho árduo e pedir a Deus mais chuvas para a nossa cidade e região. O Colosso merece a NOTA 10!

BOLA FORA

Para todos nós que “testemunhamos” uma pelada sem tamanho que foi Atlético 1 Serrano 0. Joguinho que deu sono. Pense como os jogadores dos dois times maltrataram a pobre da bola. Pior impossível. NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br