header top bar

Reudesman Lopes

section content

Pouco futebol

17/03/2017 às 17h01

A rodada deste meio de semana do campeonato paraibano foi marcada pelos reclames daqueles que estiveram presentes nos estádios de futebol da Paraíba, falo, óbvio, dos colegas que estão a fazer a crônica esportiva do estado e, as suas observações correm em um mesmo caminho, a pobreza na qualidade do futebol apresentado em um conjunto, coletivo e individual. E já inicio trazendo a primeira manchete de uma matéria em um site do nosso futebol, ela diz: “Muito calor, pouco futebol”.

Essa referencia fora feita para o jogo em Cajazeiras entre o Atlético e o Paraíba, os comentários dos companheiros que estiveram no Colosso das Capoeiras é que o jogo foi de baixo nível técnico, os dois times errando demasiadamente os passes e os seus ataques inoperantes já que a bola não chegava aos homens da frente. Em João Pessoa:”Zebra azul e branca” na vitória, 1 a 0, do CSP frente o Botafogo que lidera o paraibano.

O CSP não fazia um gol desde 29 de janeiro e não ganhava uma partida desde 11 de janeiro. Os críticos não pouparam o tricolor da maravilha do contorno e o desenvolvimento do jogo. Em Sousa no Marizão: “Jogo ruim de se vê”. Empate em 0 a 0 do Dino frente ao Galo, também, foi muito pobre de futebol e o destaque da chamada desta matéria já traduz o que aconteceu entre Treze e Sousa. Por fim:”Gols salvam futebol” isso no confronto entre Serrano 3 Internacional 2 em Campina Grande, tido como mais um jogo muito fraco. Na verdade, o campeonato começa a se definir nestas rodadas finais desta fase de classificação e os jogos clássicos deste domingo 19, serão sem dúvidas de suma importância para aqueles que almejam chegar ao G4, bem como para os que lutam desesperadamente contra a degola.

Nestes casos teremos um Botauto em João Pessoa que tem característica interessante já que o Belo tem vaga assegurada e o Auto Esporte tenta se manter na zona de classificação. Em Campina Grande o clássico maioral entre Campinense e Treze é fundamental para o Galo. Em Sousa, o Dino recebe o Trovão em mais um jogo de vida morte para o Sousa que precisa sair do rebaixamento e o Atlético que precisa somar pontos para continuar a perseguição por um lugar na fase final. Em Cajazeiras, o Paraíba terá mais uma oportunidade de buscar uma vitória que não acontece desde a sétima rodada, pega o Serrano. E finalmente teremos CSP e Internacional com o time de Josivaldo lutando por vitória para fugir de vez da segundona em 2018. Que o futebol volte a ser bem jogado e que Deus ilumine os nossos jogadores, chega de peladas.

Restam duas

O Campeonato Paraibano inicia o seu funil e ao nosso entendimento, Botafogo com 28 pontos e Campinense com 22 (este sem computar o jogo da quinta feira 16) estão classificados. Sobra então duas vagas e para estas, três times lutam para chegar as finais desta competição e, são eles: Auto Esporte com 19 pontos (sem computar o seu jogo da quinta feira 16), Treze e Atlético que estão empatados com 18 pontos. A briga será intensa e as rodadas que se seguem serão fundamentais para estes, o Treze terá jogos contra o Campinense, Paraíba, Serrano, Auto Esporte e Botafogo; o Atlético jogará contra o Sousa, CSP, Auto Esporte, Internacional e Serrano; o Auto Esporte terá como adversários o Botafogo, Sousa, Atlético, Treze e Internacional.

Quem cai

Da mesma forma que o acirramento está pegando por uma vaga as finais do paraibano, lá em baixo, na rabeira da classificação a luta é gigante entre Paraíba com 10, Sousa e CSP com 11 pontos e mesmo com 16 pontos o Internacional ainda não está salvo. E como falo na matéria acima, os jogos das próximas rodadas vão definir quem vai para a segunda divisão do paraibano em 2018. Com 10 pontos o Paraíba terá compromissos contra o Serrano, Treze, CSP, Botafogo e Campinense; o Sousa joga contra o Atlético, Auto Esporte, Internacional, Serrano e CSP; o CSP terá como adversários o Internacional, Atlético, Paraíba, Campinense e Sousa.

BOLA DENTRO

Para o público presente ao Perpetão no jogo Atlético X Paraíba. Mesmo com jogos pela TV a galera foi ao Colosso das Capoeiras para torcer pelo seu clube. Merece a NOTA 10!

BOLA FORA

Para a qualidade do futebol, cada vez mais pobre, que vem sendo apresentado por todos os clubes da Paraíba nesta reta final do nosso campeonato. Merece a NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br