header top bar

Reudesman Lopes

section content

Questão de Ordem

16/11/2007 às 19h07

É guerra mesmo
Não tem jeito, a guerra já começou em Santarém. De um lado os defensores e aliados do prefeito Nil Barateiro, do outro, o entusiasmo dos adeptos da atual vice-prefeita, Lucrecia Barbosa, que rompeu com o prefeito e se lançou candidata numa frente de oposição. Cada qual conta com os divisores de água, para chegar sair vitorioso. Lucrecia aposta no carisma e no apoio do ex-prefeito Luís Viturino, no outro flanco, Nil contabiliza o apoio do Padre Duarte e de quebra, nas bochechudas cotas da prefeitura, que despejam muito dinheiro de dez em dez dias. O tiroteio já começou quem quiser escapar que saia do meio, se não, pode ser atingido pelo vírus e ter que escolher um ou outro candidato e partir para guerra também.

Espinho no corpo
Tem gente que tem a visão privilegiada e enxerga tudo. Pois não é que um observador da cena política de Poço de José de Moura, já percebeu que o candidato a prefeito, Peixe Moura, que é o nome oficial escolhido pela prefeita, sempre que compare a um evento, seja ele social, político ou religioso, nunca vem acompanhado do seu companheiro de chapa, atual secretário de educação Walmir Quaresma. Aí, esse mesmo observador arriscou um palpite, para esclarecer esse desligamento. Seria porque a conduta de homem sério e responsável, que sempre norteou a vida de Peixe Moura, não combina com a do professor Walmir. E ainda arrematou, para concluir o seu astuto e sarcástico diagnóstico. Antes só do que mal acompanhado.

O pai da criança
Quem será mesmo o pai da criança, que atende pelo nome de Escola Agrotécnica Federal de São João do Rio do Peixe, que será instalada na comunidade de Pilões na zona rural daquele município? É que vez por outra, ouvimos insistentemente informações veiculadas na mídia da região, onde tanto o prefeito Lavoisier Dantas como o empresário Aírton Pires, se intitulam genitores dessa importante obra, que servirá para abrigar jovens dessa vasta região e lhes proporcionar uma oportunidade para um aprendizado técnico e de qualidade. Cada qual apresenta suas razões, para assim robustecer e convencer o eleitorado do município e dessa forma, tirar proveito nas urnas em 2008, já que os dois são pré-candidatos a prefeito. Eu ainda não ouvi foi Raimundo Dantas, que também é pré-candidato, querendo tirar uma lasquinha dessa situação.

Emplaca ou não?
Não vai ser fácil, para Dr. Thiago Fernandes, médico ortopedista e sobrinho de Dr. Bosco conseguir se impor como o candidato oficial de Uiraúna em 2008. E não sou eu que estou chegando a essa conclusão, são muitos eleitores do esquema da situação de Uiraúna, que estão enxergando essa dificuldade. Agora, a verdade é que eles dizem também, que somente a força política do prefeito e tio, Dr. Bosco deverá suplantar essas dificuldades e preparar o terreno, para uma boa aterrizagem do jovem médico, que quer administrar a sua terra a partir de 2008. Eu não sei se é por isso, que vez por outra, vire e mexe, estamos percebendo, com mais freqüência, a presença do Dr. Thiago nos acontecimentos da vida do município de Uiraúna.

Heptacampeão

Já é quase definitivo, que Elair Brasileiro vai mesmo exercer o direito de disputar a reeleição em Santa Helena. Informações daquele município sinalizam nessa direção e é fato consumado. O que está ainda indefinido é a situação do seu companheiro de chapa. É que o seu atual vice está praticamente rompido e a para essa vaga ele teria que decidir entre Emanuel Messias ou a vereadora Socorro Dantas, o páreo é difícil, porque dessa decisão poderá acontecer um ruptura, que desaguaria numa candidatura de oposição. Afastados esses percalços e conseguindo vencer a eleição, Elair vai ser o que o Brasil não conseguiu ser, na Alemanha em 2008, heptacampeão.

Não muda
Tem um ditado popular muito utilizado nos dias atuais, que diz: “em time que está ganhando não se muda” Então não espere que nada seja modificado na chapa majoritária, para 2008 em Poço Dantas. É a mesma, Itamar e Dedé de Zé Cândido, que foi a chapa vitoriosa de 2004. Qualquer informação contrária a essa definição é mera especulação. O prefeito tem afirmado em reiteradas oportunidades, que o time é vencedor, daí não haver necessidade de alteração na sua escalação. Assim ta dito.

Mais dois
O deputado estadual Lindolfo Pires (Democratas), não perde tempo, já começou um trabalho silencioso, porém consistente, para engordar a sua base de apoio eleitoral, com vistas a eleição de 2010. Nesse sentido na semana que passou, ele me confirmou que conseguiu somar a sua já numerosa base de prefeitos, os nomes de Erivam Guarita, prefeito de Monte Horebe e Dedé Pereira de Carrapateira. Na última eleição, Erivan votou em Fabiano Lucena e Dedé Pereira em Jeová Campos. A mágica para conseguir esses apoios ele não me contou, mas sabe-se, que ele tem um grande prestígio junto ao governador Cássio Cunha Lima, endereço onde supostamente, estaria iniciando junções perante o Governo do Estado, para levar recursos para projetos de interesse dos municípios, onde os dois são prefeitos. Quem tem os olhos fundos, começa a chorar cedo.

Submarino
Há muita gente em Cajazeiras, que ainda aposta na reabilitação do nome de Júnior Araújo, como o candidato a prefeito de Carlos Antônio. Para essas pessoas, o que aconteceu verdadeiramente foi uma estratégia dos dois, para desviar o foco de campanha eleitoral fora do tempo, que poderia desgastar e elevar o custo da eleição a cifras estratosféricas. Júnior foi instado a submergir por algum tempo, prazo este compatível com o início da campanha, oportunidade em que deverá voltar a superfície, para entrar de corpo e alma na disputa. O tempo dirá e não vai demorar muito.

PT mais forte
O desempenho está mais consistente. Pelo menos é assim que muitos articulistas políticos das calçadas de São João estão vendo a situação do PT daquele município. O trabalho de articulação e arregimentação da base de apoio eleitoral está sendo feito com muita competência, pelo seu candidato Raimundo Dantas. O quadro é totalmente diferente de 2004, quando ele amargou um pífio resultado nas urnas. Um dos fatores apontados pelos bastidores da cena política daquele município, está direcionado ao fato de que naquele ano, a disputa estava centrada em três candidaturas, ditas mais conhecidas, Lavoisier Dantas, José Aldeir e Aírton Pires, que polarizaram a eleição. Agora somente dois candidatos considerados de ponta estão na disputa, o que poderá influenciar o eleitorado a enquadrar Raimundo Dantas como uma via diferente e renovadora dos costumes políticos de São João. E o povo é quem escolhe.

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br