header top bar

Reudesman Lopes

section content

Um novo campeonato

03/04/2016 às 11h49

Um novo campeonato - Por Reudesman Lopes

Por Reudesman Lopes

Fim da primeira fase, denominada de “classificatória”, o campeonato paraibano enfim vai agora para a sua fase que a intitulo de “verdadeira”. Mas, antes de falarmos do que virá por ai, hora de fazermos um breve comentário sobre o que passou e as causas dos sucessos de uns e insucessos de outros. Começo falando daqueles que não acertaram em nada e erraram tudo que tinha direito e mais alguma coisa e, neste caso, em primeiríssimo lugar ficou o nosso Atlético Cajazeirense de Desportos. Óbvio que nenhuma diretoria, por mais que ignore o futebol, quer ver o seu clube na situação em que o Trovão Azul se encontrou durante todo o início desta competição. O fato é que o Mais Querido do Sertão apostou em trazer para comandar o seu time dentro das quatro linhas, um “estranho” no futebol paraibano, o baiano Paulo Sales. E, foi justamente ele, no entendimento deste colunista, o principal responsável pelo momento que hoje atravessa o Atlético Cajazeirense de Desportos. Foi este senhor que indicou nomes de “jogadores” que, além de paupérrimos com a bola nos pés, ainda foram causadores de problemas gravíssimos na sede casa dos atletas e, a direção custou acreditar no que estava acontecendo, fechando as portas quando tudo já estava devidamente “podre”. No quadrangular da morte, a um passo da segundona, o Atlético terá que se reinventar e, francamente, torcemos para que o Trovão não volte a esta competição. Do outro lado da história está o Paraíba Esporte Clube que, apesar de ter cometido o erro de trazer o fraco Pedrinho para treinar o time e depois o fora de forma Suélio Lacerda, corrigiu-se das falhas e a tempo repatriou Jorge Luiz para reorganizar o tricolor dentro de campo. Some-se a isso, o fato do time coral cajazeirense possuir uma bela estrutura fora de campo e ter um elenco de um nível técnico bom sem ser, claro, um supertime. Com a sua competência, dentro e fora de campo, o time conseguiu uma honrosa classificação no seu grupo quando ficou com a segunda colocação e, foi o melhor segundo lugar o que o coloca para decidir a sua vaga as finais do paraibano no mata-mata, em casa, no Estádio o Perpetão em Cajazeiras contra um adversário que entendo de bom nível, o CSP. Assim torcedores, vai caminhar o campeonato paraibano com o seu hexagonal e o quadrangular da morte, vamos agora abraçar os nossos representantes e torcer para que o Atlético possa sair dessa tremenda confusão em que se meteu e que o Paraíba seja aquele time de decisão e com o trabalho de todos traga um grande resultado para o futebol cajazeirense.

Tabela

Eis a tabela do Atlético Cajazeirense de Desportos no quadrangular da morte: 6 de abril, quarta feira, Perpetão, 20h 30, Atlético X Auto Esporte; 9 de abril, sábado, José Cavalcante, 17h, Esporte de Patos X Atlético; 13 de abril, quarta feira, Perpetão, 20h 30, Atlético X Santa Cruz; 17 de abril, domingo, Teixeirão, 17h, Santa Cruz X Atlético; 23 de abril, sábado, Perpetão, 17h, Atlético X Esporte de Patos; 27 de abril, quarta feira, 20h 30, Almeidão, Auto Esporte X Atlético.

Lição

Mesmo diante de um cenário de profunda tristeza pela campanha do Atlético Cajazeirense de Desportos neste campeonato paraibano de 2016, jamais a sua grande nação de torcedores o deixou de lado e esteve sempre ao seu lado a cada jogo e a cada decepção, tem mais, eles já avisaram que no quadrangular do descenso, estarão ainda mais atuantes e favor do Mais Querido do Sertão. Essa é uma grande lição que a fantástica torcida do Trovão Azul do Sertão deixa aos seus dirigentes e ao futebol como um todo.

BOLA DENTRO

Para o Paraíba Esporte Clube. Mostrou a sua cara, goleou o Esporte, seu calo e ainda levou a melhor segunda colocação do campeonato. Agora pega o CSP, lá e cá e joga por dois resultados iguais. Quer dizer, chance total. O tricolor é digno da NOTA 10!

BOLA FORA

Para a falta de espaços para à prática desportiva e das atividades físicas em Cajazeiras. A entrevista e o apelo do presidente da Associação de Atletismo da terra do Padre Rolim se soma aos tantos apelos já feitos nesta terra e sem a devida e merecida atenção. Isso vale uma NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br