header top bar

section content

Vereadores de Cajazeiras exigem que Governo investigue PMs por tortura à jovem

Segundo a denúncia, com base em depoimentos junto à Delegacia de Polícia Civil e ouvidoria do 6º Batalhão de Polícia Militar, Cícera Dayane Batista da Silva foi espancada por dois policiais.

Por

15/04/2009 às 17h26

A Câmara Municipal de Cajazeiras e encaminhado ofício ao gabinete do deputado estadual José Aldemir (DEM), onde os vereadores pedem providências para que seja apurada denúncia de tortura, por parte de policiais militares, contra a jovem Cicera Dayane (foto), de 22 anos da cidade.

Assinaram o ofício os vereadores Marcos Barros de Souza (presidente), Nilson Lopes Filho, Francisco Bernardo da Silva, Severino Dantas Fernandes, José Gonçalves de Albuquerque, José Lopes de Souza, Humberto de Abreu Pessoa, Josefa da Silva Santos, Antonio Moacir Leite deM. Filho e Francisco das Chagas Amaro da Silva.

Segundo a denúncia, com base em depoimentos junto à Delegacia de Polícia Civil e ouvidoria do 6º Batalhão de Polícia Militar, Cícera Dayane Batista da Silva foi espancada e sofreu várias modalidades de torturas por parte de integrantes da corporação que deveria prestar apoio à segurança da comunidade. Os policiais acusados são o tenente aspirante Carlos Eduardo e o sargento Anacleto, ambos da guarnição de Cajazeiras.

O fato ocorreu no dia 19 de março deste ano. A jovem tinha sido acusada do roubo de um aparelho celular e os policiais se excederam na abordagem junto à Dayane, que acusa um tenente e um sargento de violência, maus tratos e torturas, na tentativa de obter dela a confissão do delito.

Exame de corpo de delito comprovou que a jovem foi vítima de agressão. Os vereadores exigem uma investigação aprofundada da denúncia. O gabinete do deputado José Aldemir já encaminhou ofício pedindo explicações ao secretário Gustavo Gominho, da Segurança e Defesa Social, e ao comandante geral da PM, tenente coronel Marcos Antônio Jacome de Carvalho.

Fonte:PB Agora

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares