header top bar

section content

Corpo do chef de cozinha paraibano morto na China é sepultado em Cajazeiras

O sepultamento de Valdenir Augusto de Souza, conhecido no mundo gastronômico como Loya, 35 anos aconteceu neste domingo às 17h00 no Cemitério Nossa Senhora Aparecida.

Por

04/04/2009 às 11h45

Após doze dias da morte do cozinheiro paraibano mais famoso no mundo gastronômico, seu corpo chegou a sua terra natal Cajazeiras. O corpo chegou a capital João Pessoa neste sábado(04)depois de 30 horas de vôo de Pequina(China) e foi recebido no Aeroporto Castro Pinto, pela esposa, filho, parentes e amigos.

O cortejo fúnebre saiu de João Pessoa no inicio da manhã do sábado e chegou a Cajazeiras por volta das 14h30azeiras, onde foi velado na Central de Velórios Memorial Esperança. O sepultamento de Valdenir Augusto de Souza, conhecido no mundo gastronômico como Loya, 35 anos ocorreu neste domingo(05) às 17h00 no Cemitério Nossa Senhora Aparecida.

Família, amigos e curiosos, prestaram sua ultimas homenagens ao famoso chef de cozinha, que foi sepultado de baixo de muito choro e comoção.

A luta pela vida e a solidariedade
Loya como era conhecido pelos, amigos, teve uma infância dificil, chegando a pedir aos vizinhos para se alimentar. Originário de familia pobre, o cozinheiro paraibano recentemente, quando da enchente em Santa Catarina, fez um gesto de solidariedade para com as vitimas daquela tragédia que ficará marcado na sua história. Loya repassou parte do seu dinheiro que estava depositado em uma conta poupança no Brasil para amenizar o sofrimento das vitimas daquela tragédia, conforme informações de amigos e familiares.

Relembre o caso
Por volta das 04h00 da manhã ( horário da China ) e 16h00 ( horário de Brasília ), do dia 24 de março, uma terça-feira, o chef de cozinha paraibano, natural de Cajazeiras, Valdenir Augusto de Souza, conhecido no mundo gastronômico como Loya, 35 anos, faleceu vitima de um acidente de moto.

Informações preliminares, davam conta que Valdenir, voltava para seu apartamento depois de mais uma noite de trabalho, quando sofreu o acidente que o vitimou.

Segundo o sócio do cozinheiro paraibano, a policia chinesa averiguou as imagens das câmeras que ficam espelhadas pelas ruas de Pequim para desvendar como tudo aconteceu. Constatou-se porem que Loya foi realmente foi vitima de um trágico acidente, uma fatalidade.

Mesmo com as informações preliminares, não se descarta a possibilidade de homicídio, tendo em vista que, Loya havia telefonado poucos dias antes da sua morte para sua esposa, orientando a mesma a fazer um seguro de vida em seu nome, dizendo que estava perto de morrer.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

Foto: Folha Vip

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis