header top bar

section content

Ex-prefeito da região de Sousa é sepultado sob muita comoção; Ele foi o primeiro gestor da cidade sertaneja

O velório ocorreu no salão nobre da prefeitura da cidade sertaneja durante toda a quarta-feira, o sepultamento aconteceu no cemitério público. VEJA!

Por Luzia de Sousa

25/02/2016 às 07h16 • atualizado em 25/02/2016 às 17h08

Ex-prefeito faleceu na cidade de João Pessoa

Foi sepultado nesta quarta-feira (24) na cidade de São José da Lagoa Tapada, Sertão do estado, o corpo do ex-prefeito Antonio Araújo. Ele ocupou o cargo de primeiro prefeito do município nomeado pelo então ex-governador do Estado da Paraíba, Pedro Moreno Gondim.

O ex-prefeito faleceu em João Pessoa. O velório ocorreu no salão nobre da prefeitura de São José da Lagoa Tapada durante toda a quarta-feira, o sepultamento aconteceu no cemitério público do município.

Antonio Araújo foi um grande lutador pela emancipação política de São José da Lagoa Tapada, antigo Distrito de Sousa.

O ex-gestor era famoso na cidade pelo seu discurso. “Antonio Araújo era um homem que tinha o dom da palavra em seus pronunciamentos, naquela época, todos de São José ficavam atentos ao que ele ia dizer. É um grande homem. Quando os outros políticos vinham para São José ele sempre viabilizava a organização dos comícios”, disse o comerciante Severino Raimundo.

Antonio era filho de Genésio Araújo Pereira e Maria das Dores Braga de Araújo. O prefeito do município de São José da Lagoa Tapada, Evilásio Lucena Neto (Neto de Coraci), decretou luto oficial, em virtude da morte do ex-gestor.

DIÁRIO DO SERTÃO com Conexão PB

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor