header top bar

section content

Torcedor do atlético recebe punição pesada após atirar pedra contra torcida do Sousa; “Ficará no batalhão”

O Tenente Coronel Cunha Rolim explicou que comunicou o caso ao MP para que fossem tomadas medidas punitivas ao torcedor.

Por Luzia de Sousa

02/03/2016 às 14h37 • atualizado em 03/03/2016 às 06h09

Perpetão recebeu ótimo público para o maior clássico do interior (foto: reprodução/TVDS)

O Ministério Público Estadual, através do procurador Valberto Cosme Lira decidiu punir o torcedor cajazeirense, Getúlio Tarcísio Cartaxo Bezerra após tentar tumultuar o último jogo entre Atlético e Sousa, ocorrido em 21 de fevereiro. A partida saiu de zero a zero.

A determinação do Órgão é que o torcedor atleticano fique longe dos estádios em uma distância de 5 kms, além de se recolher ao 6º Batalhão de Polícia Militar duas horas antes das partidas.

O MP determinou que Getúlio Cartaxo permaneça na sede do comando até duas horas depois de concluída a partida de futebol. A determinação foi decretada em 25 de fevereiro, mas chegou ao conhecimento do comandante somente nesta quarta-feira (2).

De acordo com o comandante do 6º BPM, o Tenente Coronel Cunha Rolim, o cajazeirense arremessou uma pedra contra a torcida do Sousa que por sorte não atingiu os visitantes. O comandante informou que no momento foi dada voz de prisão e realizado o procedimento na delegacia.

O Tenente Coronel Cunha Rolim explicou que comunicou o caso ao MP para que fossem tomadas medidas punitivas ao torcedor. A punição ao torcedor é de um ano.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!