header top bar

section content

Sousa será beneficiada com recursos na ordem de R$ 15 milhões conseguidos pelo governador Ricardo Coutinho

“É preciso retomá-la. A ministra nos garantiu que isso aconteceria e que a fábrica será concluída”, disse o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho.

Por Luzia de Sousa

03/03/2016 às 06h29 • atualizado em 03/03/2016 às 16h48

Ricardo Coutinho consegue investimentos de R$ 15 milhões

O governador Ricardo Coutinho se reuniu nesta quarta-feira (2) com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Kátia Abreu, em Brasília, para estabelecer parcerias visando ao desenvolvimento da agricultura e piscicultura de regiões do interior da Paraíba, mais especificamente em Bananeiras, Sousa e localidades do Curimataú, Seridó e Cariri, amparadas pelo Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú Paraibano (Procase).

Um dos tópicos abordados no encontro se refere à conclusão de um complexo industrial pesqueiro, que conta com fábricas de farinha de peixe e de ração além de um centro de abate e processamento de pescado. Apesar do investimento de R$ 15 milhões do Mapa e contrapartida da Prefeitura de Bananeiras, a obra precisa de um novo aporte financeiro. “É preciso retomá-la. A ministra nos garantiu que isso aconteceria e que a fábrica será concluída”, disse o governador.

Quando concluído, o complexo industrial atenderá não apenas às demandas dos piscicultores de Bananeiras, mas também dos municípios do Vale do Mamanguape e cidades como Solânea, Borborema, Pirpirituba, Dona Inês, Alagoa Grande e Nova Floresta. “Para nós da Paraíba, o complexo é fundamental, pois é o ponto de apoio de toda aquela região, a maior produtora de pescado no estado”, completou Ricardo Coutinho.

Outro ponto abordado foi a solicitação por mais recursos federais para investimento em áreas como a caprino e a ovinocultura. O governador aproveitou para lembrar que o estado já dá sua contrapartida, mas que é necessário o auxílio da esfera federal. “Temos o Procase, que investe cerca de R$ 100 milhões no Cariri, Seridó e Curimataú paraibano, uma quantia considerável. Estamos fazendo barragens subterrâneas, parte de um sistema de abastecimento complexo, e estimulamos a inclusão produtiva”, listou. Além disso, também lembrou da produção expressiva de coco na região de Sousa, Sertão paraibano.

Por fim, Ricardo Coutinho também ressaltou a importância de contar com o apoio do Ministério da Agricultura para fazer um estudo detalhado das regiões pelas quais o canal Acauã-Araçagi passa, para adequar o cultivo de culturas mais adaptadas a cada solo e condições climáticas. “Queremos investir na fruticultura e na cultura de grãos, já que naquela região há uma produtividade de milho altíssima. Ao concluir o canal, já queremos saber qual o modelo de desenvolvimento que vamos adotar naquelas áreas”, afirmou.

Também participaram da audiência os secretários de Representação Institucional, Lindolfo Pires, e do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Rômulo Montenegro; o prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena; e o deputado federal Efraim Filho.

DIÁRIO DO SERTÃO com Secom

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória