header top bar

section content

Diretor de hospital do Sertão proíbe uso de telefone e de redes sociais durante plantões

A medida prevê punições para os funcionários que desrespeitarem a norma interna, tais como: advertência, suspensão e até dispensa por justa causa.

Por Luzia de Sousa

03/03/2016 às 16h09 • atualizado em 03/03/2016 às 16h10

Enfermeiras nas redes sociais (Foto: WhatsApp).

O diretor do Hospital Regional de Patos, Leudo Farias proibiu esta semana, o uso de telefone celular, smartphones, tablets e similares, por parte dos funcionários durante o expediente de trabalho. A determinação passa a vigorar a partir desse domingo (5).

Na justificativa, Leudo Farias disse que o uso do celular durante o trabalho passa mensagem negativa aos usuários, demonstrando mesmo que involuntariamente, descaso e despreparo no atendimento.

A medida prevê punições para os funcionários que desrespeitarem a norma interna, tais como: advertência, suspensão e até dispensa por justa causa.

“É prejudicial para o ambiente de trabalho, afeta a produtividade”, justificou a direção.

DIÁRIO DO SERTÃO

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras