header top bar

section content

Capitão da PM revela formação de quadrilha de roubo de celulares em CZ; Três presos

A ação foi desencadeada na manhã desta terça-feira (22).

Por Luzia de Sousa

22/03/2016 às 10h56 • atualizado em 22/03/2016 às 11h24

A Polícia Militar de Cajazeiras prendeu mais três acusados

O Capitão Bruno Silva, da Polícia Militar de Cajazeiras confirmou formação de quadrilha em roubos de celulares em Cajazeiras e o alvo principal dos assaltos é mulher. Nesta terça-feira (22) foi preso Erinaldo Lindolfo da Silva (Naldo) e Vanderli Bezerra de Sousa (Andorinha).

Segundo o Capitão, Andorinha está com uma lesão na perna, que alegou ser queda de moto, mas o ferimento teria sido ocasionado por um tiro na cidade de Aparecida, região de Sousa onde estava atuando.

Dupla presa acusada de assaltos em Cajazeiras

Dupla presa pela Polícia Militar acusada de assaltos em Cajazeiras

Ele informou que além da dupla, foi preso também Jefferson Maciel Jerônimo, 22 anos, que participou do assalto a um celular de um estudante de 17 anos, em frente ao Colégio Polivalente. “Ele usou uma faca para ameaçar a vítima e foi reconhecido”.

Moto apreendida pela Polícia Militar

Moto apreendida pela Polícia Militar

Material apreendido em poder dos acusados

Material apreendido em poder dos acusados

Bruno Silva informou que a motocicleta usada foi a mesma, uma Yamaha de cor vermelha com placas da Paraíba, sendo emprestada pelo acusado Naldo.

O capitão informou também que há outro acusado que atua no Campo do Vaqueiro, em Cajazeiras e eles agem de forma isolada. A PM apreendeu ainda três facas e uma balança de precisão.

Veja entrevista com Bruno Silva!

DIÁRIO DO SERTÃO com fotos e vídeo de Ângelo Lima

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’