header top bar

section content

Quatro morrem em troca de tiros com a Polícia Militar

Dez homens estavam no local e, quando a equipe da polícia chegou, houve troca de tiros.

Por Luzia de Sousa

20/04/2016 às 17h52 • atualizado em 20/04/2016 às 18h37

Quatro morreram em troca de tiros com a Polícia Militar

Quatro pessoas foram mortas a tiros na manhã desta quarta-feira (20) em um confronto armado com a Polícia Militar em Caicó, cidade da região Seridó potiguar. De acordo com a própria PM, outros seis homens fugiram do local.

O confronto aconteceu por volta das 8h. A PM recebeu a denúncia de que um grupo estava em atitude suspeita dentro de um sítio na região do bairro Recreio. Dez homens estavam no local e, quando a equipe da polícia chegou, houve troca de tiros.

A PM disse que os quatro homens baleados foram socorridos ao Hospital Regional do Seridó, mas não resistiram. Os outros seis conseguiram fugir. No local do confronto, foram apreendidos uma pistola, dois revólveres e drogas.

A resposta se deu depois que o militar foi morto:
Na manhã desta terça (19), um cabo da PM foi morto a tiros no bairro Alto da Boa Vista, na Zona Norte de Caicó. Edinaldo da Costa Rangel, de 48 anos, estava dentro de um carro quando dois homens se aproximaram em uma moto e atiraram nele. Dois suspeitos foram presos, mas logo liberados porque as características não batiam com o relato de testemunhas.

Uma equipe do Samu foi chamada e tentou reanimar o cabo, mas não conseguiu.

Cabo Rangel era lotado na 5ª Companhia Independente da PM de Jardim de Piranhas. O corpo do PM foi enterrado na manhã desta quarta-feira sob forte comoção de amigos e familiares.

G1RN

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa