header top bar

section content

Idosa é encontrada morta com tiro na cabeça enquanto vigiava armazém na zona rural de Piancó

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Patos, para realização do exame cadavérico.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/07/2016 às 16h11

A vítima tinha 78 anos (Foto: Vale do Piancó Notícias)

Na manhã desta terça-feira (5), no sítio Gravatá, localizado na zona rural da cidade de Piancó, uma senhora foi encontrada morta, com um disparo na cabeça.

A família encontrou a idosa de 78 anos, Terezinha Luíza de Caldas, caída, e ao se aproximarem perceberam que a mesma já estava morta. Uma equipe do plano funerário que família tinha,  quando chegou ao local, percebeu que a mulher estava com um hematoma na cabeça e imediatamente acionaram a polícia. O próprio delegado Pereira foi até o local e confirmou a lesão na cabeça da idosa.

O responsável pelas investigações, o delegado Pereira foi até o local e confirmou a existência da lesão na cabeça da idosa. Segundo ele, a idosa estava dormindo desta em um armazém, próximo à sua residência, para vigiar alguns sacos de arroz vermelho, que se encontravam no local onde acabou morta. A primeira impressão é de um possível latrocínio, mas  os peritos que estiveram no local, desconfiam também que a mulher tenha sofrido abuso sexual, devido a alguns hematomas em seu órgão genital, e pediram um exame sexológico. O laudo sai dentro de alguns dias.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Patos, para realização do exame cadavérico.
DIÁRIO DO SERTÃO

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo