Notícias
18/09/2016 às 20h34 • atualizado em 19/09/2016 às 13h35

postado por: Luzia de Sousa

Testemunha revela que prefeito da região de Sousa chutou a cabeça do jovem quando estava no chão

“Passei mal, uma autoridade da cidade, um prefeito”, relatou ela assegurando que seu esposo não esboçou qualquer reação.

Jovem foi transferido para o Hospital Regional da cidade de Sousa

A agricultora Maria Genilda Afonso Carvalho contou com exclusividade ao repórter Afonso Webe, os momentos tensos que passou nesse sábado (17), promovido pelo prefeito da cidade de São José da Lagoa Tapada, Eviláso Formiga Neto (Neto de Coracy-DEM), o tio dele, José Almir (Mimi) e o tesoureiro da prefeitura, identificado apenas por Rogério.

+ Prefeito, tio e tesoureiro de prefeitura na região de Sousa são denunciados por invasão à residência e agressão; “Ficou caído ao chão”

Ela revelou que estava levando sua mãe, uma idosa de 81 anos, que sofre de Alzheimer quando o prefeito teria invadido a residência e ameaçado o seu marido: “Quando ouvi foi o grito do prefeito, ‘Nego João’ você é um que está na lista”.

A mulher explicou que a porta ficou aberta, momento que o jovem Francisco das Chagas Amâncio entrou para comprar lanche ao casal, que vende pastéis e teria sido logo derrubado pelo tesoureiro.

“O Rogério foi logo derrubando na passagem da porta, o prefeito olhou e voltou correndo e chegando ao local onde ele (o jovem Francisco) estava caído passou a dar pesadas nele. O prefeito tava dando pesada na cabeça dele quando estava caído”.

Genilda Afonso disse que pediu calma, mas os acusados estavam “bravos e gritando”, acrescentando que a motivação pode ser política.

“Passei mal, uma autoridade da cidade, um prefeito”, relatou ela assegurando que seu esposo não esboçou qualquer reação contra o trio.

Ouça reportagem com Afonso Webe!

O outro lado
A reportagem do Diário do Sertão tentou contato com o prefeito, mas o telefone estava desligado.

>

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe seu comentário