header top bar

section content

Menino morre enforcado após partida de jogo online e amigos assistem pela Webcam Ao Vivo

Nesse jogo quando alguém perde os participantes dão ao perdedor o desafio do “jogo da asfixia”, em que a pessoa interrompe o fluxo de ar com as mãos.

Por Priscila Belmont

18/10/2016 às 08h49

Gustavo Detter tinha 13 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Um garoto de 13 anos morreu menos de 24 horas depois de ser encontrado dentro do quarto do pai com uma corda enrolada no pescoço e em frente a um computador. A suspeita da família é que o incidente tenha relação com o desafio de um jogo online do qual Gustavo Riveiros Detter brincava com amigos e acabou perdendo.

O caso aconteceu em São Vicente, no litoral de São Paulo, e está sendo investigado pela polícia.

A corda utilizada pelo menino sustentava um saco de boxe no teto do quarto. Após o enforcamento, o estudante chegou a ser socorrido com vida para o Hospital Municipal de São Vicente ainda na noite de sábado (15). Depois, foi transferido para o Hospital Ana Costa, em Santos, e morreu neste domingo (16).

Gustavo jogava o game League of Legends. Nesse jogo quando alguém perde os participantes dão ao perdedor o desafio do Choking Game ou “jogo da asfixia”, em que a pessoa interrompe o fluxo de ar com as mãos ou com objetos para induzir desmaios, tontura ou estado de euforia.

O garoto brincava com outros três colegas quando aconteceu o enforcamento. A cena teria sido acompanhada em tempo real pelos outros participantes do jogo, já que todos usavam a internet com uma webcam conectada para se comunicar.

Pela transmissão ao vivo da webcam, os colegas perceberam que a vítima parecia estar “desfalecida” e pediram para que uma prima, que estava no quarto ao lado de Gustavo, fosse verificar.

Assustada, a garota chamou os tios, que conseguiram reanimar Gustavo. Em seguida, por volta das 22h40, os familiares chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para levá-lo até o Hospital Municipal de São Vicente. Já na manhã do último domingo, Gustavo foi transferido por volta das 5h30 para o Hospital Ana Costa, em Santos. A morte dele foi confirmada poucas horas depois.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, o tio de Gustavo, que registrou o caso na delegacia, acredita na hipótese de que os demais jogadores tenham induzido o sobrinho ao fato. O caso foi registrado no 7º DP de Santos, mas será investigado pela Delegacia Sede de São Vicente.

O corpo do garoto Gustavo Riveiros Detter, de 13 anos, foi velado na manhã desta segunda-feira (17), em Santos, no litoral de São Paulo.

A Polícia Civil em São Vicente, no litoral de São Paulo, já iniciou as investigações sobre a morte do garoto. Segundo a polícia, todos os jovens que participavam do jogo serão convocados, a partir desta terça-feira (18), a prestar esclarecimentos, todas as conversas e gravações entre os menores serão analisadas para tentar identificar o que realmente aconteceu.

Entenda o Jogo
O “jogo do desmaio” ou Choking Game é uma “brincadeira” que pode levar à morte já que os movimentos têm por objetivo diminuir a quantidade de sangue no cérebro.

Na queda podem ocorrer lesões pelo corpo e até traumatismo craniano. Se existir alguma pré-disposição, o adolescente pode sofrer uma parada cardíaca e a falta de oxigênio no cérebro pode deixar sequelas graves, para o resto da vida.

G1

Pregoeiros da prefeitura de Cajazeiras foram à Câmara esclarecer polêmicas sobre a ‘licitação das facas’

Vereador Jucinério Félix solicitou do presidente Marcos Barros espaço na sessão desta segunda-feira para que os servidores respondessem a denúncias da oposição

25/09/2017
MENSAGEM DE ESPERANÇA

Mensagem de Esperança com Rodrigo Almeida e Nelson Dantas

ENTRETENIMENTO

ASSISTA: Forró das Gatas de Aurora no Ceará agita programa de Maria Calado e bate recorde de audiência

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!