Notícias
13/03/2017 às 10h33

postado por: Priscila Belmont

Maioria dos produtos comercializados na Empasa é produzida no Nordeste

Das mais de 300 mil toneladas (321.419,7 t) comercializadas no ano de 2016, o Nordeste desponta como a principal fonte de origem dos produtos.

Um estudo realizado pelo Departamento de Planejamento da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa) identificou a procedência das frutas e hortaliças comercializadas nas três centrais de abastecimentos no estado da Paraíba (João Pessoa, Campina Grande e Patos). Das mais de 300 mil toneladas (321.419,7 t) comercializadas no ano de 2016, o Nordeste desponta como a principal fonte de origem dos produtos.

Entre frutas e hortaliças, o volume comercializado pelos permissionários /comerciantes, o Nordeste obteve 230.497,1 t. A região Centro-Oeste vem logo depois com 11.874,7 t; acompanhada do Sul que alcançou 11.196,8 t; já o Sudeste enviou 10.487,2 t; e a região Norte foi bem mais modesta com apenas 28,1 t.

Os principais produtos originados do Nordeste, o destaque fica por conta da laranja pera, melancia, banana pacovan/prata, abacaxi, maracujá, goiaba, mamão haway/formosa, uva Itália, manga tomy, tomate, batatinha, batata doce, cebola pera, cenoura, pimentão verde, repolho verde, chuchu, coentro e inhame da costa/são Tomé; do Sul procedem a maçã nacional, uva e pera importada; o Sudeste aparece com batatinha, cenoura e repolho verde; e o Centro-Oeste vem com a batatinha e cenoura.

Paraíba – Do volume total, a Paraíba participou com 29,57%. Os destaques como maiores produtores no estado aparecem Santa Rita, Itapororoca, Sapé e Pedras de Fogo (abacaxi); Conde, Alhandra, Teixeira e Boqueirão (melancia); Natuba, Areia, Alagoa Nova e Boqueirão (banana pacovan/prata); Mamanguape e Rio Tinto (mamão haway/formosa); Boqueirão, Sumé, Monteiro e Cabaceiras (tomate); Teixeira, Boqueirão, Cabaceiras (cebola pera); Lagoa Seca e São Sebastião de Lagoa de Roça (batata doce); e Conde, Sapé e Alhandra (inhame da costa e são Tomé).

A principal clientela que frequenta os entrepostos da Empasa é composta por proprietários de restaurantes, bares, hotéis, pousadas, mercadinhos, lanchonetes, feirantes de feiras livres e clientes em geral, que compram tanto no atacado quanto no varejo. O entreposto da capital fica na Avenida Raniere Mazilli, s/nº, Bairro Cristo Redentor; em Campina Grande, Rua Doutor Vasconcelos – Bairro Alto Branco; e Patos, Rua Projetada 18 – Bairro Jardim Magnólia.

Secom

Deixe seu comentário