header top bar

section content

Segurança lança aplicativo do 190 que auxilia cidadão e permite diminuir quantidade de trotes

Lançamento contou com a presença dos parceiros que contribuíram para o funcionamento do app, como representantes das empresas de tecnologia: Bitmine (Agência Digital) e Argus Tecnologia.

Por Priscila Belmont

22/03/2017 às 16h48

Aplicativo do 190 auxilia cidadão e diminui quantidade de trotes (Foto: Assessoria)

A Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba (Seds) lançou nesta quinta-feira (22), no Centro de Educação da Polícia Militar, o aplicativo ‘SOS Cidadão’, que funcionará em smartphones, e tem o objetivo de estender o atendimento à população pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), disponível pelo número 190. O serviço permite que as pessoas possam fazer chamadas à Polícia e vai ajudar a diminuir a quantidade de trotes recebidos diariamente. O aplicativo foi desenvolvido em parceria com a Unimed João Pessoa. O lançamento contou com a presença dos parceiros que contribuíram para o funcionamento do app, como representantes das empresas de tecnologia: Bitmine (Agência Digital) e Argus Tecnologia.

De acordo com o secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, o aplicativo vai minimizar os prejuízos causados pelo grande número de trotes recebidos pelo número 190. “O SOS Cidadão veio para ajudar a resolver um problema muito sério que enfrentamos, que é a questão dos trotes. Por mês, o Ciop recebe uma média de 100 mil ligações, sendo que quase 20 mil são ligações indevidas, que acabam ocupando uma linha, muitas vezes há o deslocamento de viaturas e isso causa transtorno. Com o aplicativo esse problema é resolvido. Porque há um cadastro, uma averiguação prévia e só depois é possível usar o aplicativo”, disse o secretário.

Durante o lançamento, o coronel Arnaldo Sobrinho, coordenador do Ciop, explicou como o aplicativo vai funcionar. “Pensamos em desenvolver um aplicativo usual, bastante simples, porém que nos dê suporte para evitar falsificações e que também possamos criar um banco de dados. O usuário, após fazer download, ele deve realizar um cadastro, que será validado pelo Centro Integrado, isso com o registro de CPF e outros dados pessoais. A partir disso, o usuário poderá fazer a chamada, informando detalhadamente o motivo do registro da ocorrência na plataforma”, afirmou.

Para o presidente do Conselho Administrativo da Unimed JP, Demóstenes Paredes, esse tipo de iniciativa é o maior exemplo de que a parceria público-privada pode sim dar certo e tem a missão de contribuir com a sociedade. “Este é um dos pilares da Unimed JP, o da responsabilidade social. E nós como cooperativa médica aceitamos o desafio e contribuímos com parte do financiamento, trabalho técnico e hoje estamos aqui, certos de que estamos ajudando na área da Segurança Pública da Paraíba”, frisou Paredes.

O aplicativo foi formatado pela Companhia de Processamentos de Dados da Paraíba (Codata), em conjunto com a equipe técnica do Ciop, com a agência digital Bitmine e ainda em parceria com a Argus Tecnologia. O desenvolvimento da plataforma contou com financiamento da Unimed João Pessoa. O download do ‘SOS Cidadão’ pode ser feito pelo Play Store (para celulares com o sistema operacional Android) e Apple Store (para o sistema IOS).

Secom

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan