header top bar

section content

Segurança lança aplicativo do 190 que auxilia cidadão e permite diminuir quantidade de trotes

Lançamento contou com a presença dos parceiros que contribuíram para o funcionamento do app, como representantes das empresas de tecnologia: Bitmine (Agência Digital) e Argus Tecnologia.

Por Priscila Belmont

22/03/2017 às 16h48

Aplicativo do 190 auxilia cidadão e diminui quantidade de trotes (Foto: Assessoria)

A Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba (Seds) lançou nesta quinta-feira (22), no Centro de Educação da Polícia Militar, o aplicativo ‘SOS Cidadão’, que funcionará em smartphones, e tem o objetivo de estender o atendimento à população pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), disponível pelo número 190. O serviço permite que as pessoas possam fazer chamadas à Polícia e vai ajudar a diminuir a quantidade de trotes recebidos diariamente. O aplicativo foi desenvolvido em parceria com a Unimed João Pessoa. O lançamento contou com a presença dos parceiros que contribuíram para o funcionamento do app, como representantes das empresas de tecnologia: Bitmine (Agência Digital) e Argus Tecnologia.

De acordo com o secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, o aplicativo vai minimizar os prejuízos causados pelo grande número de trotes recebidos pelo número 190. “O SOS Cidadão veio para ajudar a resolver um problema muito sério que enfrentamos, que é a questão dos trotes. Por mês, o Ciop recebe uma média de 100 mil ligações, sendo que quase 20 mil são ligações indevidas, que acabam ocupando uma linha, muitas vezes há o deslocamento de viaturas e isso causa transtorno. Com o aplicativo esse problema é resolvido. Porque há um cadastro, uma averiguação prévia e só depois é possível usar o aplicativo”, disse o secretário.

Durante o lançamento, o coronel Arnaldo Sobrinho, coordenador do Ciop, explicou como o aplicativo vai funcionar. “Pensamos em desenvolver um aplicativo usual, bastante simples, porém que nos dê suporte para evitar falsificações e que também possamos criar um banco de dados. O usuário, após fazer download, ele deve realizar um cadastro, que será validado pelo Centro Integrado, isso com o registro de CPF e outros dados pessoais. A partir disso, o usuário poderá fazer a chamada, informando detalhadamente o motivo do registro da ocorrência na plataforma”, afirmou.

Para o presidente do Conselho Administrativo da Unimed JP, Demóstenes Paredes, esse tipo de iniciativa é o maior exemplo de que a parceria público-privada pode sim dar certo e tem a missão de contribuir com a sociedade. “Este é um dos pilares da Unimed JP, o da responsabilidade social. E nós como cooperativa médica aceitamos o desafio e contribuímos com parte do financiamento, trabalho técnico e hoje estamos aqui, certos de que estamos ajudando na área da Segurança Pública da Paraíba”, frisou Paredes.

O aplicativo foi formatado pela Companhia de Processamentos de Dados da Paraíba (Codata), em conjunto com a equipe técnica do Ciop, com a agência digital Bitmine e ainda em parceria com a Argus Tecnologia. O desenvolvimento da plataforma contou com financiamento da Unimed João Pessoa. O download do ‘SOS Cidadão’ pode ser feito pelo Play Store (para celulares com o sistema operacional Android) e Apple Store (para o sistema IOS).

Secom

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!