header top bar

section content

HTop faz parceria com Hemocentro e realiza campanha de doação de sangue

O objetivo foi aumentar o estoque de sangue da unidade, para o feriado que se aproxima.

Por Priscila Belmont

05/04/2017 às 17h33

Ses e Htop realiza campanha de doação de sangue na capital.

O Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (Htop), em João Pessoa, realizou campanha de doação de sangue em parceria com o Hemocentro da Paraíba. O objetivo foi aumentar o estoque de sangue da unidade, para o feriado que se aproxima.

“Estamos nos aproximando de dois feriados no mês de abril e aumenta a preocupação com estoque de sangue, além da demanda de entradas de pacientes em situação de emergência, principalmente de trânsito. Por incrível que pareça a Semana Santa é mais agitada no Hospital de Trauma do que o Carnaval. Esperamos que estes números caiam”, explicou a diretora geral da unidade, Sabrina Bernardes.
A enfermeira do Hemocentro, Rosilda Renovato, lembrou que é muito importante a doação principalmente para pessoas que necessitam de cirurgias nas unidades de saúde. “É importantíssimo para um hospital como o de Trauma, de urgência e emergência, a doação de sangue. Muitas vezes as cirurgias são adiadas por faltar seu tipo sanguíneo, atualmente nossa principal carência são os sangues negativos”, salientou.

Participaram da doação os colaboradores, visitantes e acompanhantes de pacientes. Segundo a coordenadora do Núcleo de Estágio e Capacitação e Evento (Nece), Efigênia Lino, eles tiveram uma palestra na última sexta-feira (31) sobre conscientização da doação de sangue e isso contribuiu por uma boa procura. “Acreditamos que esta boa procura voluntária se deu pelo trabalho de divulgação e esclarecimentos sobre o mito da doação”, ressaltou.

De acordo com a enfermeira Marcela Fernandes, é muito importante à doação de sangue para facilitar as cirurgias. “Como trabalho no bloco cirúrgico consigo perceber a importância do sangue na cirurgia, além de ajudar no aumento de estoque e ainda salvar vidas”, comentou.

Já a acompanhante de um paciente, Maria das Dores, foi voluntariamente doar sangue após a divulgação do Serviço Social do complexo hospitalar. “Estou aqui com muito prazer pela primeira vez, sei que meu filho vai precisar de doação, pois brevemente estará fazendo uma cirurgia. O que ficou claro é que se não doarmos o estoque se acaba e quem sofre somos nós que precisamos. Estou feliz com este gesto que não só vai ajudar meu filho como também outras pessoas do Htop”, comemorou.

Doação de sangue – Para doar, é preciso levar um documento de identificação com foto, ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50kg. Não é necessário estar em jejum, mas é preciso evitar alimentos gordurosos até três horas antes da doação. A coleta dura no máximo 10 minutos e é feita por profissionais treinados do Hemocentro. Todo o material utilizado é estéril e descartável. No fim, o voluntário recebe um lanche e informações sobre os cuidados básicos que devem ser tomados nas primeiras horas.

Secom

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’