header top bar

section content

Wilson Filho: “Se a Prefeitura é incapaz de realizar as obras, passe para o Governo que ele se dispõe a fazer”

O parlamentar disse ainda que caso a Prefeitura Municipal não realize a obra na barreira, deveria passar o projeto para o Governo do Estado, para que a cidade não perca os recursos e nem o seu principal ponto turístico.

Por Redação Diário

05/04/2017 às 17h52 • atualizado em 25/04/2017 às 18h12

O deputado federal Wilson Filho (PTB) participou nesta terça-feira (4) de audiência pública na Câmara Municipal de João Pessoa para debater o processo de erosão da Barreira do Cabo Branco. O parlamentar disse ainda que caso a Prefeitura Municipal não realize a obra na barreira, deveria passar o projeto para o Governo do Estado, para que a cidade não perca os recursos e nem o seu principal ponto turístico.

“Se a Prefeitura é incapaz de realizar as obras, passe para o Governo que ele se dispõe a fazer. Recebemos essa notícia do próprio governador, que também não entende porque o município não consegue tirar esse projeto do papel. Ele nos sinalizou que, caso a Prefeitura não faça, o Governo do Estado poderá fazer a intervenção”, contou o parlamentar.

Temendo a perda total dos R$ R$ 6,2 milhões do Ministério do Turismo que foram destinados para obras de contenção da Barreira do Cabo Branco, o deputado conseguiu a prorrogação do prazo para que a Prefeitura de João Pessoa apresente o projeto e inicie os trabalhos. Os recursos foram conseguidos pelo parlamentar e pelo então deputado federal Wilson Santiago (PTB).

Wilson lembrou que a obra tinha sido orçada em R$ 13 milhões, mas o Ministério se comprometeu a liberar parte dos recursos. “O dinheiro está à disposição da Prefeitura há quase sete anos e a obra não teve o seu início. Faço apelo ao poder público para que aja e que não deixe a cidade perder esses recursos. Ou a obra começa em três meses ou o recurso está perdido”, disse.

A propositura para a realização da audiência pública foi do vereador Bruno Farias (PPS). Ele disse que o propósito da reunião não era encontrar culpados para um problema de muitos anos e também não era para dar um salvo conduto para não agir em relação a um grande patrimônio de João Pessoa. “Queremos uma radiografia das ações que foram realizadas e das que serão implementadas”, destacou, fazendo um apelo para que o poder público salve a barreira.

O líder do Governo Municipal Helton Renê (PCdoB) disse que aquele era um problema crônico e disse que o poder público não pode agir de forma irresponsável, sem os estudos e aparatos adequados.

A audiência contou a participação de vereadores, secretários do município, deputados, representantes de órgão de controle e do meio ambiente, além da sociedade civil organizada. “O assunto deve ser discutido com ampla responsabilidade para que cheguemos às soluções para um problema crônico”, comentou o deputado.

Assessoria

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan