header top bar

section content

Socioeducandos da Fundac fazem provas do Enem PPL nesta terça e quarta-feira

As provas serão aplicadas em três unidades para cumprimento de medidas do Estado.

Por Priscila Belmont

11/12/2017 às 18h42

Socioeducandos se preparam para o Enem

Nesta terça (12) e quarta-feira (13), 22 socioeducandos internos em unidades da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice de Almeida’ (Fundac) se submeterão às provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL). As provas serão aplicadas em três unidades para cumprimento de medidas do Estado.

Segundo Roberta Alencar, coordenadora do eixo Educação da Fundac, na Paraíba, além dos candidatos das unidades prisionais, participarão da edição 2017 do Enem PPL, jovens e adolescentes privados de liberdade das Unidades Rita Gadelha, Centro Educacional do Jovem e Lar do Garoto (Lagoa Seca). “Ao todo foram 27 inscrições e participarão 22 socioeducandos devido à desinternação de cinco jovens que não demonstraram interesse em voltar à unidade para fazer o Exame”, explicou Roberta.

Durante o exame, organizado pela Cesgranrio, 23 pessoas, entre coordenadores gerais, coordenadores pedagógicos, chefes de sala e fiscais estarão envolvidas diretamente com a aplicação das provas que terão início às 11h15 e término às 17h. No primeiro dia, os alunos preencherão o Questionário Socioeconômico e, em seguida, iniciarão as primeiras provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Redação. Já no segundo dia, os participantes farão as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias.

O grau de dificuldade das provas do Enem PPL é equivalente ao exame regular, realizado em 5 e 12 de novembro, e os socioeducandos com idade a partir de 18 anos poderão utilizar o desempenho no Exame como mecanismo único, alternativo ou complementar para acesso à educação superior. Já os participantes menores de 18 anos, considerados “treineiros”, só poderão utilizar os seus resultados individuais para a autoavaliação de conhecimentos.

O Enem PPL é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Cidadania (Depen/MJC) e com a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. O objetivo do Exame é proporcionar acesso às políticas educacionais e aos programas sociais do Governo Federal. O Inep também é responsável pela aplicação do Encceja PPL, que esse ano volta a certificar o Ensino Médio. Em ambos, cabe ao Inep preparar, aplicar e corrigir a prova, além de calcular as notas dos participantes.

PREPARAÇÃO – Para o melhor aproveitamento do que foi ministrado durante o ano letivo, em sala de aula, os professores da Escola Cidadã Integral fizeram um esforço concentrado e realizaram, nos últimos dois meses, aulas preparatórias específicas para o Enem PPL 2017, nas próprias unidades socioeducativas do Estado.

Segundo Flávia Tavares Gomes, coordenadora pedagógica do Centro Educacional do Jovem, o intensivo para os socioeducandos do CEJ surgiu a partir da necessidade que os jovens demostraram para conhecer melhor a prova a ser realizada por eles. “Oferecer subsídios para que os jovens do CEJ vislumbrem as oportunidades que lhe são dadas é nossa maior missão enquanto equipe de educadores que aqui atua aqui na Escola Almirante Saldanha”, disse.

“De início já tivemos ótimos resultados, pois os jovens demostraram total valorização pelas aulas e interesse nos conteúdos abordados pelos professores das diversas disciplinas. Professores esses que separaram materiais específicos com uma metodologia dinâmica e inovadora, resultando em 90% de presença dos alunos inscritos no exame nas aulas do intensivo”, explicou Flávia.

Secom PB

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo