header top bar

section content

Família melhora qualidade de vida produzindo hortaliças em um hectare de terra

O agricultor familiar José dos Santos há dois anos descobriu que essa atividade era uma oportunidade para melhorar a renda familiar.

Por Priscila Belmont

09/01/2018 às 16h32

Hortaliça agroecológica em Malta/PB

Uma família residente no Sítio Açude Novo, no município de Malta, no Sertão, mudou sua vida com o cultivo de hortaliça agroecológica num hectare de terra destinada à comercialização junto ao Programa Nacional de Alimentar Escolar (PNAE), em feiras livres, restaurantes e mercadinhos.

Seguindo a orientação técnica da Emater, empresa integrante da Gestão Unificada, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, o agricultor familiar José dos Santos há dois anos descobriu que essa atividade era uma oportunidade para melhorar a renda familiar.

Há dois anos o agricultor cultiva hortaliça agroecológica (alface, cebolinha, agrião, pimentão e couve-flor), que vem tendo boa aceitação. Também trabalha com fruteiras e a criação de galinhas de capoeira e no mesmo espaço cria vacas para a produção de leite, que transforma em queijo artesanal.

Quando percebeu que o projeto poderia crescer, o filho do agricultor, Alexandre de Oliveira Santos, que trabalhava numa cerâmica, decidiu se dedicar no trabalho com o pai, ampliando a produção de hortaliças para atender os mercados das cidades de Malta, São José de Espinharas e Vista Serrana.

Hortaliça agroecológica em Malta/PB

A equipe técnica da Emater em Malta é composta de Pedro Ferreira Leite, chefe do escritório local, e da assistente social Maria do Carmo Medeiros Santos. O coordenador regional em Patos é Francisco Acácio.

Irrigação – Usando o sistema de irrigação por micro aspersão, utilizando água de um poço artesiano e seguindo orientações técnicas, o agricultor José dos Santos vem obtendo sucesso com sua atividade, mesmo sendo numa pequena área de terra. “Percebemos que a família de agricultores é bem receptiva às orientações técnicas, com o sistema rotativo, por isso vem obtendo sucesso resultados”, comentou a assistente social Maria do Carmo.

Secom PB

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”