header top bar

section content

Jovem que assaltou comércios em São João chora e diz que quer se ‘aprumar’ (ASSISTA)

Aos prantos, Daniel Aleixo contou à nossa reportagem que não pretende mais se envolver com a criminalidade ao sair da cadeia

Por

22/01/2016 às 14h39

O segundo acusado de assaltar uma farmácia e um ‘mercadinho’ na cidade de São João do Rio do Peixe, na noite desta quinta-feira (21), disse que cometeu o crime porque foi influenciado pelo comparsa e que agora está arrependido.

Aos prantos, Daniel Aleixo de Sousa, de 18 anos, contou à nossa reportagem que não pretende mais se envolver com a criminalidade ao sair da cadeia. Ele lamentou o “desgosto” que causou à sua mãe e prometeu se “aprumar” na vida.

“Na hora que eu sair, doutor, vou sair dessa vida, não quero isso. Uma ovelha coloca um a perder. Na hora que eu sair, eu vou andar na minha e vou me aprumar”, declarou chorando.

VEJA TAMBÉM

► Polícia prende segundo acusado de ‘arrastão’ na cidade de São João do Rio do Peixe

Daniel foi preso horas depois da prisão do seu comparsa no crime, identificado como Jocildo Roque (foto). Ambos residem na cidade de Marizópolis. Com eles a polícia recuperou o dinheiro roubado (cerca de 260 reais) e alguns perfumes.

A moto usada pela dupla também é produto de furto. Segundo a PM, ela foi roubada durante uma festa em Nazarezinho.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula