header top bar

section content

Polícia prende trio e apreende dois menores acusados de assaltar idosa de 75 anos. Veja

Eles foram encaminhados para a cidade de São João do Rio do Peixe onde foram apresentados ao delegado plantonista.

Por

17/01/2016 às 09h12

Cinco pessoas são acusadas de arrombar a residência e assaltar a idosa

A Polícia Militar da cidade de Triunfo, Sertão da Paraíba com apoio da Patrulha Rural do 6º BPM de Cajazeiras prendeu neste final de semana, três jovens e apreendeu dois adolescentes acusados de invadir e roubar a casa da aposentada Francisca Maria de Sousa, 75 anos, moradora do Sítio Tabuleiro Grande.

VEJA TAMBÉM

► Imagens fortes: Jovem é morto a tiros em Sousa; Esse é o segundo homicídio do ano

► Acusado de homicídios em São Paulo e Minas Gerais é preso no Hospital Regional de Sousa

Segundo relatos de populares, os acusados chegaram em duas motos na casa da vítima, sendo que o líder do grupo Cícero Carvalho Bezerra, 25 anos, de posse de uma faca invadiu o local e rendeu a idosa levando uma quantia de R$ 84 e um aparelho celular. Já os outros acusados, José Brasil Filho, Nailton Lopes de Sousa , 19 anos, além dos menores, entre 14 e 17 anos ficaram vigiando a casa do lado de fora.

As guarnições ao tomar conhecimento do fato realizaram diligências na cidade e conseguiram identificar os evolvidos, que confessaram a ação. A polícia também encontrou em poder de Cícero Carvalho, a faca usada para ameaçar a vítima. Eles foram encaminhados para a cidade de São João do Rio do Peixe onde foram apresentados ao delegado plantonista.

DIÁRIO DO SERTÃO
Foto: Ângelo Lima

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor