header top bar

section content

Acusado de homicídios em São Paulo e Minas Gerais é preso no Hospital Regional de Sousa

Em entrevista à reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, o acusado confessou que estava foragido da justiça

Por

15/01/2016 às 15h02

O acusado Francisco de Assis Leandro de Oliveira, mais conhecido como "Dadaê", de 41 anos, foi preso dentro do Hospital Regional de Sousa, após uma denuncia anônima para o número de emergência 190 da polícia militar.

Segundo informações da polícia, o acusado estava em sua residência no distrito de São Pedro em Santa Cruz, quando passou mal e foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional de Sousa.

Uma ligação anônima para o 190 informou que Francisco de Assis Leandro de Oliveira era foragido da justiça. A viatura composta pelo Cabo G. Mendes e os solados Albuquerque e Wagner, se deslocou até o local e constatou que o Dadaê é acusado de um homicídio em São Paulo e outro em Minas Gerais. 

O acusado foi levado até a delegacia de Polícia Civil, e em seguida encaminhado à Colônia Penal Agrícola do Sertão em Sousa, onde ficou à disposição da justiça.

Em entrevista à reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, o acusado confessou que estava foragido da justiça, e fez um pedido para que a justiça deixe que ele cumpra a pena na cidade de Sousa.

"Eu saí do presídio em São Paulo na Semana Santa e não retornei mais, e vim morar aqui no Distrito de São Pedro em Santa Cruz. Já pratiquei um homicídio em São Paulo e outro em Minas Gerais", disse.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia

VÍDEO!

CONTRA MÃO: Aliado do prefeito de Cajazeiras critica políticos de Brasília, mas admite votar em “golpista”