header top bar

section content

Detentos simulam rebelião em presídio e matam colega de cela suspeito de estuprar crianças de seis e três anos

Segundo informações repassadas pela Gerência do Sistema Penitenciário da Paraíba, a vítima era suspeito de estuprar duas crianças, de 3 e 6 anos.

Por

07/01/2016 às 11h38

Detento foi morto do presídio Romero Nóbrega, em Patos (Foto: Rafaela Gomes/TV PB)

Um detento, de 53 anos, foi morto dentro do Presídio Romero Nóbrega nesta quinta-feira (7) em Patos, no Sertão paraibano. Segundo informações repassadas pela Gerência do Sistema Penitenciário da Paraíba, a vítima era suspeito de estuprar duas crianças, de 3 e 6 anos, e foi encaminhado à unidade prisional na quarta-feira (6).

Veja mais!

► De olho: Dono de casa lotérica suspeito de agiotagem é preso em cidade do Sertão

De acordo com o gerente do Sistema Penitenciário, major Sérgio Fonseca, os outros detentos simularam uma rebelião para matar o preso. "Até então, o detento havia sido bem recebido pelos demais presos. Só que durante o banho de sol eles criaram um tumulto pra matar o rapaz, já que eles têm esse 'código de ética' com estupradores", explicou.

Os detentos ainda colocaram fogo em colchões, que só foi controlado com a chegada do Corpo dos Bombeiros. O tumulto acabou por volta das 10h (horário local), segundo a direção da unidade prisional. O corpo do detento vai ser levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos.

DIÁRIO DO SERTÃO com G1PB

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares