header top bar

section content

Polícia prende acusado de espancar filha de três anos com um cinto. Vídeo forte!

O material foi entregue à polícia, que pediu a prisão temporária de Santos à Justiça, sob a acusação de tortura.

Por

31/12/2015 às 08h20

Polícia prende acusado de espancar filha de três

A Polícia Civil prendeu na noite desta quarta-feira (30) o vigilante de 31 anos suspeito de agredir a filha de 3 anos em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. Um vídeo que circulou nas redes sociais mostrou um homem batendo na criança, chegando a usar um cinto para atingir a menina.

De acordo com a Delegacia Seccional de Franco da Rocha, o suspeito foi preso na cidade vizinha de Francisco Morato, por volta das 22h, depois que a Justiça emitiu um mandado de prisão temporária contra ele. Ele foi levado para a Delegacia de Investigações Sobre Entopercentes (Dise) de Franco da Rocha.

A mãe registrou as imagens e levou o vídeo para a polícia em 15 de dezembro. Ela disse que o pai chegou a enrolar o cinto no pescoço da criança, segundo informações de policiais. No boletim de ocorrência não consta o motivo da agressão. A mãe contou na delegacia que ele já havia agredido a menina em outras ocasiões, por isso decidiu filmar.

Em um momento do vídeo, o homem questiona a mãe por ela estar gravando e ela responde: “vou mesmo, vou gravar”. No início da filmagem, que dura 25 segundos, ele reclama que a menina está chorando. As imagens do vídeo abaixo são fortes.

O supervisor de segurança David Vargas dos Santos, que aparece em vídeo torturando a filha de 3 anos, é considerado foragido. A Polícia Civil de Franco da Rocha, cidade da Região Metropolitana de São Paulo, procura o agressor. As fortes imagens – que mostram a menina aos gritos, enquanto o pai a espanca com o uso de um cinto – foram feitas pela mulher dele, no último 15 de dezembro. 

O material foi entregue à polícia, que pediu a prisão temporária de Santos à Justiça, sob a acusação de tortura. De acordo com um investigador da delegacia que apura o caso, a Justiça acatou o pedido nesta quarta-feira (30/12). No entanto, David está foragido. O policial informou que o suspeito, que não tinha passagem anterior pela polícia, não é visto desde o dia do crime.
 
O vídeo da agressão, publicado nas redes sociais, dura 26 segundos. Nele, o supervisor de segurança diz que vai bater na menina porque ela está chorando. David ainda ém informado que está sendo gravado, mas ignora o aviso e  golpeia a menina 12 vezes. Enquanto bate nela com o cinto, o agressor ainda puxa a filha pelo braço de forma violenta. 

Em.com.br

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017