header top bar

section content

Sertanejo com câncer consegue na Justiça pílula que promete combater doença

A decisão liminar foi concedida pelo Juiz Ramonilson Alves e saiu na quarta-feira, 16.

Por

17/12/2015 às 07h18

Sertanejo com câncer consegue na Justiça pílula da USP

Um paciente de 46 anos, natural de Patos, conseguiu na Justiça o direito de receber a substância fosfoetanolamina, a chamada “Pílula da USP”, produzida em laboratório pelo Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo , que promete combater o câncer. A decisão liminar foi concedida pelo Juiz Ramonilson Alves e saiu na quarta-feira, 16.

A ação foi impetrada pelo advogado patoense André Guedes e de acordo com o ele, esse foi um caso bastante importante de sua carreira e, quando soube do parecer favorável, ficou muito feliz com o resultado: “Estamos extremaente satisfeitos com essa decisão, pois a liberação desse remédio vai trazer alegria e acima detudo esperança para o paciente”, destacou.

Esta é a terceira decisão na Paraíba, que trata sobre o tema. O primeiro caso aconteceu na cidade de Santa Luzia e o segundo em João Pessoa.

O paciente está com um câncer nos rins e atualmente encontra-se realizando tratamento no Hospital Laureano, em João Pessoa.

A substância é pesquisada há mais de duas décadas, mas barreiras burocráticas impedem o cidadão de ter acesso livre ao tratamento com o medicamento, somente através das vias judiciais.

Do Mais Patos.com

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan