header top bar

section content

Carta vira ‘febre’ na região de Cajazeiras, revela supostos casos amorosos de políticos e prática de sexo dentro do gabinete do prefeito e Secretaria

Ela denuncia também, um ex-secretário da prefeitura da cidade de desviar dinheiro público. “Não pode ver dinheiro". Relata.

Por

21/10/2015 às 07h04

A carta foi distribuída em comércios da cidade, segundo o secretário de comunicação

Uma carta com cerca de cinco laudas foi distribuída para várias pessoas na cidade de São João do Rio do Peixe com graves denúncias contra políticos do município, inclusive contra o prefeito Airton Pires (PSC). Com acusações bastante comprometedoras, a mensagem fala de supostos casos amorosos do prefeito, do vice-prefeito, de alguns secretários da gestão municipal, de um vereador e de servidores da prefeitura.

De acordo com o descrito numa das laudas, relata que a primeira-dama deu flagrante de infidelidade no esposo. Lenira Pires é citada e longamente elogiada pela educação e caráter inabalado. A carta denuncia suposta prática de sexo dentro do gabinete do prefeito e da Secretaria de Finanças, inclusive entre funcionários públicos e agentes políticos.

Veja também:

► Empresário denuncia que merenda de escola é banana e insinua que prefeitura da região de Cajazeiras virou motel

A mencionada carta traz fortes insinuações, sem qualquer prova, afirmando em tom pejorativo que a administração de Airton Pires “vai ficar conhecida como a gestão do trepa”.

Ela denuncia também, um ex-secretário da prefeitura de desviar dinheiro público. “Não pode ver dinheiro… No primeiro mês de administração do prefeito fez um desfalque absurdo… e exigia taxa dos pipeiros”. Relata um trecho da mensagem. 

O fato é que não se fala em outra coisa em São João do Rio do Peixe, além da extensa carta que acusa políticos e representantes do município. A mensagem já teria sido compartilhada pelo WhatsApp para centenas de pessoas.
 
O outro lado
O secretário de comunicação do município, Webster Muniz explicou que a carta foi deixada em vários comércios da cidade com o intuito de ser conhecida pelo maior número de pessoas possíveis e o prefeito teve conhecimento através de amigos que tiveram acesso e lhe repassaram a informação.

Muniz informou que os citados já procuram a delegacia para prestar queixa e declarou que a carta teve o objetivo de prejudicar as pessoas a administração pública. “Prejudicou pessoas e quase acontece um desmantelo num casamento aqui”. Confidenciou o secretário.

Ele atribuiu a ação a crime político. “é uma política barata. Querem denegrir a imagem das pessoas somente porque são secretários do prefeito. A gente fica triste com essa situação porque diminui a cidade”.

Ouça áudio!

Punição
Em contato com a delegacia de São João do Rio do Peixe fomos informados que o delegado titular está de férias e Francisco Filho está assumindo o posto, mas informou que não é delegado do caso. A reportagem também falou como escrivão da cidade, Danilo Lima, que informou ter recepcionado o material da denúncia e encaminhará ao delegado titular para apurar o caso no retorno do descanso anual.

DIÁRIO DO SERTÃO

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente