header top bar

section content

Polícia prende quatro acusados da morte do garoto de 5 anos esquartejado na Paraíba

Moradores da cidade se concentraram na noite desta terça (13) e tentaram invadir a delegacia pra linchar os acusados do crime

Por

14/10/2015 às 15h04

População queria linchar os acusados na delegacia. (Foto: Reprodução/patosverdade)

A Polícia Civil de Sumé, Cariri paraibano, prendeu na noite desta terça-feira, 13, quatro pessoas acusadas de participar da morte do garoto, Everton Siqueira, de 5 anos de idade. 

A polícia trabalha com as seguintes linhas de investigação: que a morte tenha ocorrido motivada por um ritual de magia negra ou por vingança, já que a mãe de Everton teria presenciado um assalto praticado por Paulistinha e ela seria a principal testemunha contra o homem e ele teria prometido se vingar da mulher ou que a morte tenha sido praticada por um doente mental.

Foram presos a mãe do garoto, Laudenice dos Santos Siqueira, 22 anos, o padrasto, Daniel Ferreira dos Santos, 31 anos, João Batista de Sousa, que estava no local em que o corpo foi desovado, e Denivaldo Santos Silva ,de 37 anos conhecido como Paulistinha.

Veja mais:

► Menino de cinco anos é encontrado morto na PB. Ele foi aberto do pescoço à virilha

Segundo os delegados, delegados Paulo Ênio Rabelo e Yure Givado, o menino estava desaparecido desde o último domingo (11) e foi encontrado em um matagal com lesões na cabeça, com o corpo aberto do pescoço até a altura da ‘virilha’ e com o pênis decepado.

Conforme a Polícia Civil, a mãe da criança vai responder inicialmente por comissivo por omissão, que é quando a pessoa abstém de agir para evitar um crime. O padrasto, o doente metal e um amigo da família da vítima vão responder por homicídio duplamente qualificado.

“Nada foi descartado até agora. Temos quatro presos – que não temos dúvidas da participação deles na morte do garoto – e três linhas de investigações. Uma foice foi apreendida. Vamos ouvir outras pessoas, que podem estar envolvidas nesse crime. Em curto espaço de tempo vamos elucidar a morte da criança”, avisou delegado Paulo Ênio.

Moradores da cidade se concentraram na noite desta terça (13) e tentaram invadir a delegacia pra linchar os acusados do crime, Para dispersar a população, os policias usaram spray de pimenta e foi solicitado reforço da Polícia Militar.

PATOS VERDADE

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!