header top bar

section content

Polícia apreende sete espingardas e detém quatro pessoas no Sertão em operação contra a caça

Durante a ação, os acusados tentaram fugir, deixando para trás três das espingardas, que foram apreendidas pelos policiais militares.

Por

12/10/2015 às 07h00

Na tarde desse sábado (10), o Batalhão de Policiamento Ambiental apreendeu sete espingardas e seis pássaros da fauna silvestre e deteve quatro pessoas, que se encontravam de posse das armas e das aves.

O fato ocorreu no Sítio Voltas, na área rural de Piancó, Sertão da Paraíba, durante uma fiscalização. Dentre os quatro detidos, dois foram autuados por posse ilegal de armas de fogo e por manter aves em cativeiro, um por posse ilegal de arma de fogo e outro por manter aves em cativeiro. A ação foi coordenada pelo 1º tenente Vinícius.

►Veja mais matérias policiais aqui!

As prisões e apreensões fazem parte da Operação Asa Branca, desenvolvida pelo Batalhão de Policiamento Ambiental. De acordo com o 1º tenente Vinícius, a Operação Asa Branca tem o objetivo de reprimir a caça predatória no Sertão da Paraíba.

Durante a ação, os acusados tentaram fugir, deixando para trás três das espingardas, que foram apreendidas pelos policiais militares. Após perseguição aos acusados, a Polícia Militar conseguiu detê-los e apreender as outras quatro armas e as aves, além de ferramentas para manutenção de armamento. Além da autuação pelos crimes, os acusados terão ainda de pagar multas pela infração de leis ambientais.

DIÁRIO DO SERTÃO com Secom

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis