header top bar

section content

Polícia apreende sete espingardas e detém quatro pessoas no Sertão em operação contra a caça

Durante a ação, os acusados tentaram fugir, deixando para trás três das espingardas, que foram apreendidas pelos policiais militares.

Por

12/10/2015 às 07h00

Na tarde desse sábado (10), o Batalhão de Policiamento Ambiental apreendeu sete espingardas e seis pássaros da fauna silvestre e deteve quatro pessoas, que se encontravam de posse das armas e das aves.

O fato ocorreu no Sítio Voltas, na área rural de Piancó, Sertão da Paraíba, durante uma fiscalização. Dentre os quatro detidos, dois foram autuados por posse ilegal de armas de fogo e por manter aves em cativeiro, um por posse ilegal de arma de fogo e outro por manter aves em cativeiro. A ação foi coordenada pelo 1º tenente Vinícius.

►Veja mais matérias policiais aqui!

As prisões e apreensões fazem parte da Operação Asa Branca, desenvolvida pelo Batalhão de Policiamento Ambiental. De acordo com o 1º tenente Vinícius, a Operação Asa Branca tem o objetivo de reprimir a caça predatória no Sertão da Paraíba.

Durante a ação, os acusados tentaram fugir, deixando para trás três das espingardas, que foram apreendidas pelos policiais militares. Após perseguição aos acusados, a Polícia Militar conseguiu detê-los e apreender as outras quatro armas e as aves, além de ferramentas para manutenção de armamento. Além da autuação pelos crimes, os acusados terão ainda de pagar multas pela infração de leis ambientais.

DIÁRIO DO SERTÃO com Secom

Tags:
RELIGIÃO

VÍDEO: Padre da região de Patos fala sobre promessa de cura e restauração em missas: “Quem cura é Jesus”

NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas