header top bar

section content

Bandidos explodem caixa eletrônico na região de Sousa e trocam tiros com a policia militar. Confira as imagens!

O soldado Eduardo Freire contou que ao avistar os acusados saiu na rua e trocou tiro com eles. “Consegui alvejar o carro duas vezes e o automóvel parou"

Por

29/08/2015 às 08h51

Bandidos explodiram caixa eletrônico na cidade de Nazarezinho (Foto: Diário do Sertão)

Um caixa eletrônico foi alvo de explosão na madrugada deste sábado (29) na cidade de Nazarezinho, no Sertão da Paraíba. De acordo com informações do 14º Batalhão de Polícia Militar de Sousa, pelo menos quatro pessoas em um Astra prata participaram da ação.

Ainda segundo o relato da polícia, o grupo explodiu o caixa, pegou o dinheiro e fugiu. Durante a fuga, eles chegaram a trocar tiros com policiais, que atingiram o tanque de combustível do veículo usado pelos assaltantes.

Por conta do dano ao veículo, o grupo abandonou o carro na saída da cidade e conseguiu fugir. Moradores da região relataram que a fuga aconteceu em motos.

O soldado Eduardo Freire contou que ao avistar os acusados saiu na rua e trocou tiro com eles. “Você nunca viverá sem guerras; você tem que simplesmente aprender a lutar. Consegui alvejar o carro duas vezes e o automóvel parou. Eles saíram correndo e continuaram atirando contra mim e depois fugiram em uma moto. Consegui me esquivar dos tiros por trás de uma caçamba. Estamos em diligências para tentar capturá-los”, disse.

A ocorrência é o 98º caso de violência contra bancos na Paraíba registrado em 2015, sendo a 53ª explosão, de acordo com dados do Sindicato dos Bancários do Estado. 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula