header top bar

section content

Acusado de estuprar e matar a própria esposa é preso em São Paulo após 7 anos foragido. Veja fotos e vídeo!

Ele é acusado de ter estuprado e assassinado a tiros, a esposa, Girlene Pereira de Souza que tinha 21 anos na época do crime. Confira os detalhes do crime

Por

07/08/2015 às 08h10

Acusado foi preso pela polícia em São Paulo (Foto: Diamante Online)

Após passar exatos 7 anos e 3 meses foragido da justiça, o igaraciense, Francisco Gomes de Freitas Filho, foi preso por força de um Mandado de Prisão, expedido pelo Juiz Antônio Eugênio que responde pela Comarca da cidade de Piancó.

Francisco foi preso nesta quarta-feira (05) por meio de uma operação policial, em São Caetano, no Estado de São Paulo, quando estava prestando serviço para uma construtora. Ele é acusado de ter estuprado e assassinado a tiros, a esposa, Girlene Pereira de Souza que tinha 21 anos na época do crime.

A morte de Girlene chocou a população da cidade de Igaracy na manhã de 07 de maio do ano 2008. Além do marido, outras pessoas estão envolvidas no caso. O crime foi motivado pelo fim do relacionamento do casal.

“Fiquei estarrecido ao ler o processo sobre a morte trágica da jovem, daí divulguei o nome do principal acusado no banco de dados nacional, foi como conseguimos chegar até ele”, comentou o juiz.

A família da vítima acredita que a justiça será feita. “Sentimos um grande alívio ao saber desta notícia, o nosso sentimento é que a justiça será feita e que ninguém vai ficar impune”, comentou a irmã da vítima.

Francisco Gomes será recambiado para o estado da Paraíba nos próximos dias, onde deverá seguir para a Cadeia Pública de Piancó.

Veja o vídeo!



Fonte: DiamanteOnline  

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula